Hoje mostrar como criar um dashboard no Grafana, através de uma consulta SQL no banco de dados.

Antes de avançarmos é necessário configurar o DATASOURCE para a conexão com o banco.

Clique no ícone lateral e selecione a opção (Data Sources).

Clique no botão Add data source Informe um nome para o data source, selecione o tipo e os dados para a conexão.
É importante que defina um nome que identifique a base de dados, pois será utilizado posteriormente.

No exemplo, estou usando conexão com o Banco MySQL.

Ao salvar, observe que o Grafana fará um teste de conexão, e vai exibir uma mensagem indicando que foi conectado com sucesso. Se a mensagem for de erro revise os dados de conexão.

Será listado todos os data sources configurados.

Vamos ao Dashboard!

Escolha o tipo de dashboard que deseja incluir, estou usando (Table)

Agora clique na opção ao lado do título e em Edit.Informe o título do Dashboard e descrição

Read More →

Instalando Grafana no Linux CentOS/RedHat/Fedora/OpenSuse em 10 minutos

O Grafana é uma ferramenta que permite a criação de dashboards incríveis e permite a integração com outras ferramentas (Zabbix, MySQL, PostGree, entre outras)

Vou demonstrar como instalar o Grafana no Linux CentOS, e você pode aplicar os mesmos passos no RedHat ou Fedora.

É necessário ter conhecimentos básicos de rede e linux.

Estou usando uma máquina virtual com a seguinte configuração: 2 GB Ram, HD 50SSD, CentOS 7.4 x64
(Softwares para máquina virtual: Vmware, VirtualBox), ou contrate uma máquina nos sites; Linode.com, DigitalOcean, Atlantic.net)

 

Para preparar o ambiente e instalar o CentOS leia o post: http://blog.fabianobento.com.br/2018/05/preparacao-configuracao-ambiente-para-instalacao-grafana-linux-centos-7-redhat-fedora-opensuse/

Preparação e Configuração do Ambiente para Instalação do Grafana no Linux CentOS 7/RedHat/Fedora/OpenSuse

Após a instalação do sistema operacional, execute o comando abaixo para atualizar (caso ainda não tenha feito)

1
# yum update -y

 

Instalando com base no RPM

A partir do arquivo diretamente no site

1
sudo yum install https://s3-us-west-2.amazonaws.com/grafana-releases/release/grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm

Ou baixe e instale manualmente

Instale o pacote wget para conseguir baixar via linha de comando

1
yum install wget -y

Acesse o diretório tmp para fazer download

1
cd /tmp

Comando para baixar o arquivo RPM

1
wget https://s3-us-west-2.amazonaws.com/grafana-releases/release/grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm

Aguarde o término do download

Execute o comando abaixo para instalar via RPM

1
2
sudo yum install initscripts fontconfig
sudo rpm -Uvh grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm

Resumo dos comandos acima:

1
2
3
4
cd /tmp
wget https://s3-us-west-2.amazonaws.com/grafana-releases/release/grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm
sudo yum install initscripts fontconfig
sudo rpm -Uvh grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm

Pronto o Grafana foi instalado!

Execute os comandos abaixo para instalar bibliotecas de renderização para textos em imagens PNG

1
2
3
yum install -y fontconfig
yum install -y freetype*
yum install -y urw-fonts

Configure o Grafana para iniciar no boot

1
sudo /sbin/chkconfig --add grafana-server

Os logs gerados pelo Grafana ficam no diretório:

1
/var/log/grafana

Para iniciar o Grafana execute o comando:

1
sudo service grafana-server start

Agora você pode acessar pelo navegador usando o IP e a porta padrão 3000;

http://ip-computador:3000

Login: admin/admin

Caso não consiga acessar o Grafana pelo IP e porta libere no firewall usando o comando;

1
2
firewall-cmd --permanent --add-port=3000/tcp 
firewall-cmd --reload

 

Tela inicial após efetuar Login

Leia o próximo post dos primeiros passos após a Instalação do Grafana

Primeiros passos após Instalação do Grafana

Parte do material foi retirado do site oficial: Grafana.com

Preparação e Configuração do Ambiente para Instalação do Grafana no Linux CentOS 7/RedHat/Fedora/OpenSuse

É necessário ter conhecimentos básicos de rede e Linux.

Vamos criar uma máquina virtual com a seguinte configuração: 2 Processadores, 2 cores, 2 GB Ram, HD 50SSD com uma área (3 GB Swap)

Programas necessários:
VirtualBox – https://www.virtualbox.org/wiki/Downloads (Para criar máquina virtual)
Putty – https://www.putty.org/
WinSCP – https://winscp.net/eng/download.php
Sistema Operacional: CentOS 7.4 x64 – https://www.centos.org/download/

Após fazer o download e instalação do Virtual Box vamos criar a VM.

Para usar versão 64 bits no Oracle Virtual Box, é necessário habilitar na Bios do computador a opção da arquitetura (Intel Virtual = Enable), ou ative via prompt de comando (bcdedit /set hypervisorlauchetype off)

Na opção do armazenamento você pode usar a opção Dinamicamente alocado para que seja dimensionado conforme o uso, eu prefiro alocar o Tamanho Fixo do disco.

 

Para o tamanho do disco você pode dimensionar apenas 20GB  para a instalação do Grafana (comporta perfeitamente), como pretendo instalar outros serviços na mesma VM (Zabbix, banco PostGree, Oracle Express, irei dimensionar com 40GB/50GB)Como estou usando a opção para alocar tamanho fixo, leva alguns minutos.

Localize a ISO do CentOS 7 e inicie a VM

Idioma

Informe o disco de instalação

Configure o nome do host e ative a interface de rede (Defina um IP Fixo), clique em configurar.

-Lembrando que o IP deverá estar na mesma faixa/sub rede do seu computador/ambiente, desta forma será possível acessar na rede através de outros computadores.

Nesta etapa você pode habilita a instalação do ambiente gráfico no Linux, clicando em seleção de software e ativando a opção GNOME.

Clique em Iniciar Instalação

Defina a senha para o usuário ROOT e crie um usuário, como Exemplo (admin)

Aguarde o término da instalação e reinicie o host.

Aceite os termos de uso. (modo Gráfico)

Após aceitar e reiniciar o host está pronto para o uso.

Caso não tenha muita experiência com Linux, e não tenha instalado a ambiente gráfico(GNOME),  recomendo que instale, é bem simples.

Logue no host com o usuário: root e a senha que você definiu e digite os comandos abaixo:

1
yum grouplist


1
sudo yum groups install "GNOME Desktop"


1
systemctl set-default graphical.target


1
systemctl start graphical.target

 

 

Agora vamos atualizar o sistema. Abra o terminal ou logue com aplicativo Putty e digite:

1
yum update -y

Aqui termina os passos necessários para a configuração do ambiente. Abaixo são itens opcionais.

 

Instalação de recursos opcionais:

yum install -y net-tools
yum install -y httpd
yum install -y perl perl5
yum install -y zip unzip
yum install -y sshd
yum install -y wget

 

Leia o próximo post para fazer a instalação do Grafana:  http://blog.fabianobento.com.br/2018/05/instalando-grafana-linux-centos-redhat-linux-fedora-opensuse/

Instalando Grafana no Linux CentOS/RedHat/Fedora/OpenSuse

Parte 3 – Primeiros passos após a instalação

http://blog.fabianobento.com.br/2018/05/primeiros-passos-apos-instalacao-grafana/

 

 

Instalação do Banco de Dados MySQL

yum install -y wget

wget http://repo.mysql.com/mysql-community-release-el7-5.noarch.rpm
sudo rpm -ivh mysql-community-release-el7-5.noarch.rpm

yum -y update

sudo yum install mysql-server

A senha temporária fica no arquivo mysqld.log para obter execute o comando:

grep “temporary password” /var/log/mysqld.log

Caso retorne que não exista, execute o comando abaixo e quando pedir a senha deixe em branco e pressione a tecla ENTER.

 

sudo mysql_secure_installation

sudo systemctl start mysqld

sudo systemctl status mysqld

Para resetar a senta root

systemctl stop mysqld

mysqld_safe –skip-grant-tables –skip-networking &

update mysql.user set password=PASSWORD(‘fabianobento’) where user=’root’;

exit

systemctl stop mysqld

systemctl start mysqld

mysql -u root -p

 

Comando para liberar o acesso remoto/externo ao banco MySQL(fora do host 127.0.0.1)

mysql -uroot -p[senha]

GRANT ALL ON *.* TO ‘root’@’%’ IDENTIFIED BY ‘senha’ WITH GRANT OPTION;

FLUSH PRIVILEGES;

Comando Parar liberar a porta para acesso ao banco MySQL

firewall-cmd –permanent –add-port=3106/tcp

firewall-cmd –reload

 

Para Instalar o phpMyAdmin no CentOS 7

yum -y install epel-release

yum -y update

yum -y install phpMyAdmin.noarch

Edite o arquivo /etc/httpd/conf.d/phpMyAdmin.conf

Require ip
Allow from

Require ip 127.0.0.1 192.168.0.0/24

Reinicie o Apache
systemctl restart httpd

http://ip-host/phpMyAdmin

 

Para instalar o Zabbix leia as instruções no site oficial:
https://www.zabbix.com/download?zabbix=3.4&os_distribution=centos&os_version=7&db=MySQL

Desativo o selinux: /etc/sysconfig/selinux

SELINUX=disable

PHP – Edite o arquivo /etc/php.ini

date.timezone = America/Sao_Paulo

1
2
3
rpm -i http://repo.zabbix.com/zabbix/3.4/rhel/7/x86_64/zabbix-release-3.4-2.el7.noarch.rpm
 
yum install zabbix-server-mysql zabbix-web-mysql zabbix-agent

 

mysql -uroot -p
password
mysql> create database zabbix character set utf8 collate utf8_bin;
mysql> grant all privileges on zabbix.* to zabbix@% identified by ‘fabianobento’;
mysql> quit;

1
zcat /usr/share/doc/zabbix-server-mysql*/create.sql.gz | mysql -uzabbix -p zabbix
1
2
systemctl restart zabbix-server zabbix-agent httpd
systemctl enable zabbix-server zabbix-agent httpd

http://server_ip_or_name/zabbix

Login e Senha: Admin / zabbix

OBS: Caso tenha problemas para iniciar o serviço do zabbiz verifique o arquivo de LOG /var/log/zabbix

Se for algum erro de conexão com o banco edite o arquivo /etc/zabbix/zabbix_server.conf, e acrescente as linhas abaixo

DBHost=localhost
DBName=zabbix
DBUser=zabbix
DBPassword=senha-banco

 

Para liberar a porta para acesso

firewall-cmd –permanent –add-port=80/tcp

firewall-cmd –reload

 

Para desativar o firewall

systemctl stop firewalld
systemctl disable firewalld

Instalando o Pentaho BI Server 6.0 (Windows 7 / Windows 10)

ATUALIZADO COM DICA PARA ACESSO VIA NAVEGADOR EM OUTROS COMPUTADORES

Atualizado em 20/08/2017

Antes de iniciar faça o download e instalação do JAVA JDK.

http://www.oracle.com/technetwork/java/javase/downloads/jdk8-downloads-2133151.html?ssSourceSiteId=otnpt

(apenas avançar, avançar, avançar)

Após a instalação do JAVA SE (SDK), é recomendado reiniciar o computador.

 

Para instalar o Pentaho acesse o site (https://sourceforge.net/projects/pentaho/) e faça o download do Business Intelligence Server 6.0, se preferir clique no link abaixo;
https://sourceforge.net/projects/pentaho/files/Business%20Intelligence%20Server/6.0/

Após o Download crie um pasta com o nome (Pentaho) no diretório C: (C:/Pentaho), e descompacte o arquivo baixado.

pentaho-01-descompactar pentaho-02-descompactar
Agora é necessário criarmos a variável de ambiente (PENTAHO_JAVA_HOME), você pode clicar sobre o atalho meu computador na área de trabalho ou acessar o painel de controle, para ter acesso a configurações avançadas do sistema.

Clique em Iniciar > Configurações > Painel de controle

No Painel de Controle, localize e clique em Sistemas

Na janela Propriedades do sistema, clique na aba Avançado

Na aba Avançado, clique em Variáveis de ambiente

Na janela Variáveis de ambiente,  clique no botão Nova

Na janela Nova variável de sistema, digite “PENTAHO_JAVA_HOME” no campo Nome da variável e no campo Valor da variável digite “C:\Arquivos de programas\Java\jdk1.8.0_60” e clique no botão OK para confirmar, só lembrando que esta informação será de acordo a versão do Java SE instalado.

pentaho-03
Agora localize a variável Path em variáveis de Ambiente, e clique em editar e no final insira (;%PENTAHO_JAVA_HOME%/bin) imagem abaixo.

pentaho-var-Path

Não esqueça de colocar a barra ( / ) antes do bin

var-pentaho

Iniciando o Business Intelligence Server

Abra o command, utilize as teclas de atalho (Windows + R) para abrir o executar, ou procure o menu iniciar.

executar-comandOu procure no menu iniciar (imagem abaixo)

Etapa opcional: Poderá usar o comando (cd\) para retornar ao diretório (C:\), imagem abaixo.

E digite C:\pentaho\biserver-ce\start-pentaho.bat

pentaho-04

Após cerca de 2 a 3 minutos, já será possível acessar.

Abra o navegador e digite o endereço;

http://localhost:8080/pentaho/Login

Usuário: Admin
Senha: password

pentaho-06-web-login

pentaho-07-tela-home

Na primeira tentativa de instalação, usei uma maquina virtual com 4GB de ram, windows 7 professional 64bit, com 4 cores de 2.4Ghz(equivalente a core i3), a maquina ficou extremamente lenta, percebi que o Tomcat/Java, consumiu um pouco mais de 3GB de memória, na sequencia fiz a instalação no meu computador principal. (imagem abaixo demonstrando o consumo).

Configuração do meu computador: AMD Phenom  II X6 3.30Ghz, 8/16GB, HD SSD e SO Windows 10 Pro

pentaho-05-media-phenon-II.330016gb

 

Requisitos de Hardware;

Processador CPUs : i5 / 4 cores
RAM 8gb. (4 gb para Pentaho Data Integration Dedicado, 4 Servidor Apache Tomcat)
Espaço em Disco 80gb

Dica 01/2017 (atualizado)

Se você possuir dois computadores e quiser instalar em um e acessar pelo outro, basta configurar o arquivo hosts. veja abaixo;

1º – abra o arquivo hosts localizado no diretório C:\Windows\System32\drivers\etc

(usar no notepad ou notepad++ em modo administrador) para conseguir salvar após a alteração.

2º- Incluir o IP e o nome do computador da instalação do Pentaho, lembrando que o IP deverá ser fixo e salvar o arquivo.

 

Em seguida poderá acessar pelo navegador usando o outro computador.

http://pc-local:8080/pentaho/Login ou http://192.168.1.50:8080/pentaho/Login

OBS.: Libere a permissão no firewall do computador onde está instalado o Pentaho.