Instalar Webmin (versão 1.940) no CentOS 8 usando o arquivo tar.gz

O Webmin é um sistema que permite o gerenciamento dos principais servidores(plataforma unix) como; Apache, DNS, Squid, DHCP, Compartilhamento de arquivos, Banco de dados MySQL entre muito outros.
Uma das maiores vantanges é a administração através do browser(Navegador de internet) que pode ser feito localmente ou remoto em qualquer computador conectado a internet, e você não precisa editar os arquivos de configuração manualmente.

Após logar no servidor usando o Putty vamos instalar o servidor web e pacotes necessários;

Instalando o servidor web

yum install httpd -y

Instalando o pacote Perl

yum install perl perl5 -y

Fazendo o download

Para o download vamos acessar o diretório temporário, digite no terminal;

cd /tmp

Agora o comando para o download

wget https://sourceforge.net/projects/webadmin/files/webmin/1.940/webmin-1.940.tar.gz

Vamos instalar

[root@server /tmp]

# gunzip webmin-1.940.tar.gz

[root@server /tmp]

# tar xf webmin-1.940.tar

[root@server /tmp]

# cd webmin-1.940

[root@server /tmp/webmin-1.940]

# ./setup.sh /usr/local/webmin

Quando o arquivo script.sh for executado, ele irá fazer algumas perguntas:

– O diretório de configuração do webmin
(pode ser escolhido um diretorio diferente para que as configurações sejam salvas quando você atualizar, se estiver usando o mesmo diretório config esta será a unica pergunta)

– O diretório de log do Webmin
(Local para armazenar os arquivos de log do webserver)

– Diretório da instalação do Perl
(Normalmente é, /usr/bin/perl ou /usr/local/bin/perl)

– Tipo do sistema operacional
(O script irá mostrar uma lista de sistemas suporteados, se o seu não estiver na lista escolha o mais proximo, mas poderá não funcionar corretamente)

– Porta de funcionamento do servidor web
(porta padrão :10000)

– Usuário e Senha
(Usuário e senha usados para acessar o servidor Webmin)

– Nome do servidor Web
(nome da maquina em que o Webmin esta instalado)

– SSL
(So será perguntado se tiver instalado no sistema bibliotecas SSL Perl)

– Iniciar o Webmin na inicialização da maquina
(Se for suportado pelo sistema operacional o Webmin irá perguntar se deseja inicia-lo junto com a inicialização da maquina)

Apos instalado pode ser facilmente acessado por qualquer computador, basta digitar no navegador http://localhost:10000/ ou trocar o localhost pelo IP do servidor.

Post para a versão CentOS 5.5

Instalando o Pentaho BI Server 6.0 (Windows 7 / Windows 10)

ATUALIZADO COM DICA PARA ACESSO VIA NAVEGADOR EM OUTROS COMPUTADORES

Atualizado em 20/08/2017

Antes de iniciar faça o download e instalação do JAVA JDK.

http://www.oracle.com/technetwork/java/javase/downloads/jdk8-downloads-2133151.html?ssSourceSiteId=otnpt

(apenas avançar, avançar, avançar)

Após a instalação do JAVA SE (SDK), é recomendado reiniciar o computador.

 

Para instalar o Pentaho acesse o site (https://sourceforge.net/projects/pentaho/) e faça o download do Business Intelligence Server 6.0, se preferir clique no link abaixo;
https://sourceforge.net/projects/pentaho/files/Business%20Intelligence%20Server/6.0/

Após o Download crie um pasta com o nome (Pentaho) no diretório C: (C:/Pentaho), e descompacte o arquivo baixado.

pentaho-01-descompactar pentaho-02-descompactar
Agora é necessário criarmos a variável de ambiente (PENTAHO_JAVA_HOME), você pode clicar sobre o atalho meu computador na área de trabalho ou acessar o painel de controle, para ter acesso a configurações avançadas do sistema.

Clique em Iniciar > Configurações > Painel de controle

No Painel de Controle, localize e clique em Sistemas

Na janela Propriedades do sistema, clique na aba Avançado

Na aba Avançado, clique em Variáveis de ambiente

Na janela Variáveis de ambiente,  clique no botão Nova

Na janela Nova variável de sistema, digite “PENTAHO_JAVA_HOME” no campo Nome da variável e no campo Valor da variável digite “C:\Arquivos de programas\Java\jdk1.8.0_60” e clique no botão OK para confirmar, só lembrando que esta informação será de acordo a versão do Java SE instalado.

pentaho-03
Agora localize a variável Path em variáveis de Ambiente, e clique em editar e no final insira (;%PENTAHO_JAVA_HOME%/bin) imagem abaixo.

pentaho-var-Path

Não esqueça de colocar a barra ( / ) antes do bin

var-pentaho

Iniciando o Business Intelligence Server

Abra o command, utilize as teclas de atalho (Windows + R) para abrir o executar, ou procure o menu iniciar.

executar-comandOu procure no menu iniciar (imagem abaixo)

Etapa opcional: Poderá usar o comando (cd\) para retornar ao diretório (C:\), imagem abaixo.

E digite C:\pentaho\biserver-ce\start-pentaho.bat

pentaho-04

Após cerca de 2 a 3 minutos, já será possível acessar.

Abra o navegador e digite o endereço;

http://localhost:8080/pentaho/Login

Usuário: Admin
Senha: password

pentaho-06-web-login

pentaho-07-tela-home

Na primeira tentativa de instalação, usei uma maquina virtual com 4GB de ram, windows 7 professional 64bit, com 4 cores de 2.4Ghz(equivalente a core i3), a maquina ficou extremamente lenta, percebi que o Tomcat/Java, consumiu um pouco mais de 3GB de memória, na sequencia fiz a instalação no meu computador principal. (imagem abaixo demonstrando o consumo).

Configuração do meu computador: AMD Phenom  II X6 3.30Ghz, 8/16GB, HD SSD e SO Windows 10 Pro

pentaho-05-media-phenon-II.330016gb

 

Requisitos de Hardware;

Processador CPUs : i5 / 4 cores
RAM 8gb. (4 gb para Pentaho Data Integration Dedicado, 4 Servidor Apache Tomcat)
Espaço em Disco 80gb

Dica 01/2017 (atualizado)

Se você possuir dois computadores e quiser instalar em um e acessar pelo outro, basta configurar o arquivo hosts. veja abaixo;

1º – abra o arquivo hosts localizado no diretório C:\Windows\System32\drivers\etc

(usar no notepad ou notepad++ em modo administrador) para conseguir salvar após a alteração.

2º- Incluir o IP e o nome do computador da instalação do Pentaho, lembrando que o IP deverá ser fixo e salvar o arquivo.

 

Em seguida poderá acessar pelo navegador usando o outro computador.

http://pc-local:8080/pentaho/Login ou http://192.168.1.50:8080/pentaho/Login

OBS.: Libere a permissão no firewall do computador onde está instalado o Pentaho.

Hoje vou mostrar como configurar o wamp server e preparar o ambiente de trabalho.

Testes realizados com o WAMP 2.4

WampServer 2.4  – Windows  32 Bits

Apache     : 2.4.4
MySQL      : 5.6.12
PHP          : 5.4.16
PHPMyAdmin : 4.0.4
SqlBuddy   : 1.3.3
XDebug     : 2.2.3

Link para download:

http://sourceforge.net/projects/wampserver/files/WampServer%202/Wampserver%202.4/

Para trabalhar com vhosts temos que adicionar no arquivo hosts os alias com o nome do computador e os sites que você irá trabalhar, segue exemplo abaixo;

C:\Windows\System32\drivers\etc\hosts

127.0.0.1       localhost
127.0.0.1        nome-pc
127.0.0.1        meusite.local
127.0.0.1        meusite.dev

Na sequencia precisamos configurar o Apache para trabalhar com vhosts.

Localizar o arquivo httpd.conf

C:\wamp\bin\apache\Apache2.4.4\conf\httpd.conf

Descomentar as linhas abaixo

#LoadModule vhost_alias_module modules/mod_vhost_alias.so
LoadModule vhost_alias_module modules/mod_vhost_alias.so

#Include conf/extra/httpd-vhosts.conf
Include conf/extra/httpd-vhosts.conf

#LoadModule rewrite_module modules/mod_rewrite.so
LoadModule rewrite_module modules/mod_rewrite.so

 

Agora iremos editar o arquivo httpd-vhosts.conf, adicionando os alias de domínios que informamos no arquivo hosts.

C:\wamp\bin\apache\Apache2.4.4\conf\extra\httpd-vhosts.conf

Acrescentar as linhas abaixo

<VirtualHost localhost:80>
ServerAdmin mail@mail.com
DocumentRoot “C:/wamp/www”
ServerName localhost
ServerAlias localhost
ErrorLog “logs/localhost-error.log”
CustomLog “logs/localhost-access.log” common
</VirtualHost>

<VirtualHost nome-pc:80>
ServerAdmin mail@mail.com
DocumentRoot “C:/wamp/www”
ServerName nome-pc
ServerAlias nome-pc
ErrorLog “logs/nome-pc-error.log”
CustomLog “logs/nome-pc-access.log” common
</VirtualHost>

 

<VirtualHost meusite.local:80>
ServerAdmin mail@mail.com
DocumentRoot “C:/wamp/www/meusite.local”
ServerName meusite.local
ServerAlias meusite.local
ErrorLog “logs/meusite.local-error.log”
CustomLog “logs/meusite.local-access.log” common
</VirtualHost>

 

<VirtualHost meusite.dev:80>
ServerAdmin mail@mail.com
DocumentRoot “C:/wamp/www/meusite.dev”
ServerName meusite.dev
ServerAlias meusite.dev
ErrorLog “logs/meusite.dev-error.log”
CustomLog “logs/meusite.dev-access.log” common
</VirtualHost>

Após acrescentar os dados,  salvar o arquivo e reiniciar os serviços do wamp server, e acessar os endereços configurados;

http://localhost

wamp-img

http://meusite.dev

http://meusite.local

 

Como instalar Apache, MySQL e PHP (LAMP) no CentOS 6.3
30/09/2012

Neste artigo vou descrever a maneira mais simples e rapida para configurar um servidor LAMP Apache, MySQL e PHP

Instalar o Apache

yum install httpd

instalar MySQL

yum install mysql-server

Iniciar o serviço do MySQL
service mysqld start

mysql_secure_installation

yum install php php-mysql

chkconfig httpd on
chkconfig mysqld on

service http start

PHP – Upload de arquivos

Para upload maiores de 2MB, localizar e editar o arquivo php.ini.

http://php.net/file-uploads
file_uploads = On

Diretório temporário para upload de arquivos HTTP (vai usar o padrão do sistema, se não especificado).
http://php.net/upload-tmp-dir
upload_tmp_dir = “e :/ wamp / tmp”

O tamanho máximo permitido para arquivos enviados.
http://php.net/upload-max-filesize
upload_max_filesize = 2M

Tamanho máximo de dados POST que o PHP irá aceitar.
http://php.net/post-max-size
post_max_size = 8M

Configurando conexão com PHP + Oracle usando CentOS 6.3 / Red Hat 6.3

Neste artigo vou descrever a maneira mais simples e rapida para configurar o PHP para suporte com Oracle.

Antes de iniciar é necessário ter alguns pacotes básicos instalados;

1
# yum install gcc gcc-c++ autoconf libaio

Instalar o servidor web Apache
O comando abaixo instala o servidor web apache.

1
# yum -y install httpd

Configure para iniciar junto co o boot
Agora configuramos o apache para iniciar junto com o boot.

1
# chkconfig httpd on

Instalar o PHP
Instalando o PHP

1
# yum -y install php php-devel php-pear

Para instalar todas as bibliotecas do PHP – esta etapa não é obrigatoria
O comando abaixo instala todas as extensões disponíveis para o PHP

1
# yum -y install php*

Configurar o SELINUX
Agora vamos desabilitar SELINUX para não interferir no servidor httpd

1
2
3
/etc/sysconfig/selinux
 
# SELINUX=disabled

Instalar o Oracle client
Agora precisamos baixar o client do oracle no site Oracle.com é necessário fazer um cadastro rápido e gratuito.
Lembrando que você deve baixar de acordo com a arquitetura i686 ou x64

O comando abaixo instala os pacotes RPM.
x86_64
oracle-instantclient11.2-basic-11.2.0.3.0-1.x86_64.rpm
oracle-instantclient11.2-devel-11.2.0.3.0-1.x86_64.rpm

1
2
# rpm -ivh oracle-instantclient11.2-basic-11.2.0.3.0-1.x86_64.rpm
# rpm -ivh oracle-instantclient11.2-devel-11.2.0.3.0-1.x86_64.rpm

i686/i386
oracle-instantclient11.2-basic-11.2.0.1.0-1.i386.rpm
oracle-instantclient11.2-devel-11.2.0.1.0-1.i386.rpm

1
2
# rpm -ivh oracle-instantclient11.2-basic-11.2.0.1.0-1.i386.rpm
# rpm -ivh oracle-instantclient11.2-devel-11.2.0.1.0-1.i386.rpm

Agora é necessário setar a variável D_LIBRARY_PATH para o caminho da instalação do oracle client, que será carregado durante a Instalação do OCI8

1
2
# export LD_LIBRARY_PATH=/usr/lib/oracle/
# export LD_LIBRARY_PATH=/usr/lib64/oracle/

PHP – Instalação das extensões PECL
http://php.net/manual/pt_BR/install.pecl.php

Instalar o OCI – http://pecl.php.net/package/oci8

1
# pecl install oci8

Quando for solicitado o caminho do oracle_home, pressione enter caso tenha usado o comando export LD_LIBRARY_PATH apontando para o caminho do oracle client ou informar o caminho da instalação
Lembrando que tem diferença entre as plataformas i686 e x64(de acordo com a versão de plataforma e client do oracle usados)
Para suporte
http://php.net/manual/pt_BR/install.pecl.php

Editar o arquivo php.ini

1
# /etc/php.ini

Acrescentar a linha

1
# extension=oci8.so

reiniciar o host

1
# reboot

após reiniciar crie um arquivo phpinfo.php

1
<!--?php phpinfo(); ?-->

Se tudo ocorreu bem deverá aparecer o modulo OCI conforme a imagem abaixo

Problemas comuns

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
When running the CLI version of PHP from the command line, you may receive errors like the following:
[root@myserver /root]$ php -v
PHP Warning: Module 'pcre' already loaded in Unknown on line 0
PHP Warning: PHP Startup: Unable to load dynamic library '/usr/local/php5/lib/php/extensions/no-debug-non-zts-20060613/spl.so' - /usr/local/php5/lib/php/extensions/no-debug-non-zts-20060613/spl.so: Undefined symbol "pcre_exec" in Unknown on line 0
 PHP Warning: Module 'SimpleXML' already loaded in Unknown on line 0
PHP Warning: Module 'session' already loaded in Unknown on line 0
PHP Warning: Module 'exif' already loaded in Unknown on line 0
PHP 5.2.3 (cli) (built: Jun 14 2007 15:29:17)
Copyright (c) 1997-2007 The PHP Group
Zend Engine v2.2.0, Copyright (c) 1998-2007 Zend Technologies

Como resolver?
-Verifique se desabilitou o SELINUX após a configuração é necessário reiniciar o host.

 

Atualizado em 28/04/2018

Para instalar o suporte para PHP 5.4 no Linux CentOS 7

pecl install oci8-2.0.12

Extra: Quando tiver problemas para conexão pelo SQL PLUS (sqlplus command not found on Linux)

(para usar o SQLPLUS)
# yum install glibc.i686

Você pode abrir o SQLPLUS para testar a conexão com o banco de dados

Digite no terminal o comando sqlplus

# sqlplus

Para descobrir o diretorio de instalação do Oracle

#find / -name sqlplus -print

Resultado será parecido com:

# /u01/app/oracle/product/database/bin/sqlplus

Execute o comando para indicador o local

ORACLE_HOME=/u01/app/oracle/product/database
export ORACLE_HOME
PATH=$PATH:$ORACLE_HOME/bin
export PATH