Primeiros passos após Instalação do Grafana (Configurações iniciais)

Após a instalação do Grafana, quando logamos é apresentado a seguinte tela, que mostra que ainda não foi configurado nenhum datasource, instalação de plugin, definido equipe ou criado algum dashboard.

Antes de prosseguir baixe os programas abaixo para auxiliar nas configurações.

Aplicativos úteis para manutenção do servidor Grafana em ambiente Linux

Putty.exe
WinSCP (aplicativo para transferência de arquivos entre Windows e Linux, além da possibilidade de editar arquivos do Linux a partir do Windows (caso não queira usar o editor *vi)

Comandos úteis:

sudo service grafana-server start
sudo service grafana-server stop

Porta de Acesso / Alterar Porta

A porta padrão de acesso ao Grafana é 3000 (http://localhost:3000), caso queira redirecionar a porta padrão no Linux execute o comando abaixo(permissão e redirecionamento),  para a porta 80.

1
2
sudo setcap 'cap_net_bind_service=+ep' /usr/sbin/grafana-server 
sudo iptables -t nat -A PREROUTING -p tcp --dport 80 -j REDIRECT --to-port 3000

 

Plugins

Alguns plugins são nativos do Grafana, ou seja, por padrão já é instalado.

Caso queira instalar novos Plugins, você pode feito de duas formas, o download do plugin no site oficial (https://grafana.com/plugins) e copiar para o diretório  /var/lib/grafana/plugins ou via linha de comando (imagem abaixo)


Lembre que após a instalação do Plugin será necessário reiniciar o Grafana Server

1
sudo service grafana-server stop
1
sudo service grafana-server start

Ou

1
sudo service grafana-server restart

Alguns Plugins são instalados via Git, para instalar o git execute o comando no CentOS

1
yum install -y git npm

Lista de Alguns Plugins
– WorldPing
O worldPing é um plug-in para o Grafana que testa, armazena e alerta continuamente o desempenho global e a disponibilidade de seus aplicativos da Internet, para que você possa identificar problemas.

Comando para instalar: grafana-cli plugins install raintank-worldping-app

– Zabbix
Visualize suas métricas do Zabbix com o software de código aberto líder para análise de séries temporais.

Comando para instalar: grafana-cli plugins install alexanderzobnin-zabbix-app

– Clock
O painel de relógio pode mostrar a hora atual ou uma contagem regressiva e atualiza a cada segundo.

Comando para instalar: grafana-cli plugins install grafana-clock-panel

– ntopng
O plug-in de fonte de dados oficial do Grafana permite que você navegue rapidamente por dados dentro dos belos painéis do Grafana.

Comando para instalar:  grafana-cli plugins install ntop-ntopng-datasource

 

Arquivo de Configuração:

No Linux Centos 7 o arquivo de configuração do Grafana fica localizado em: /etc/grafana/grafana.ini, mas atenção, este arquivo não deve ser editado.

Para incluir suas configurações, você deve criar um arquivo com o nome custom.ini no diretório /etc/grafana (conforme imagem abaixo), incluindo suas configurações personalizadas.

Todas as opções de configuração podem ser lidas no site oficial (http://docs.grafana.org/installation/configuration/)

Alterar a senha admin

Acesse no menu lateral as referencias do usuário, informe o nome, email e altera a senha de Admin.

Configurar data Source

Para incluir um novo datasource, selecione no menu lateral a opção e clique em Add Data Source

Como Exemplo incluindo um DataSource MySQL, observe que ao salvar será apresentado uma mensagem indicado que foi conectado com sucesso.

Configurar Plugin Zabbix

Post 1

Preparação e Configuração do Ambiente para Instalação do Grafana no Linux CentOS 7/RedHat/Fedora/OpenSuse

Post 2

Instalando Grafana no Linux CentOS/RedHat/Fedora/OpenSuse

Post 3

Primeiros passos após Instalação do Grafana

 

 

Instalando Grafana no Linux CentOS/RedHat/Fedora/OpenSuse em 10 minutos

O Grafana é uma ferramenta que permite a criação de dashboards incríveis e permite a integração com outras ferramentas (Zabbix, MySQL, PostGree, entre outras)

Vou demonstrar como instalar o Grafana no Linux CentOS, e você pode aplicar os mesmos passos no RedHat ou Fedora.

É necessário ter conhecimentos básicos de rede e linux.

Estou usando uma máquina virtual com a seguinte configuração: 2 GB Ram, HD 50SSD, CentOS 7.4 x64
(Softwares para máquina virtual: Vmware, VirtualBox), ou contrate uma máquina nos sites; Linode.com, DigitalOcean, Atlantic.net)

 

Para preparar o ambiente e instalar o CentOS leia o post: http://blog.fabianobento.com.br/2018/05/preparacao-configuracao-ambiente-para-instalacao-grafana-linux-centos-7-redhat-fedora-opensuse/

Preparação e Configuração do Ambiente para Instalação do Grafana no Linux CentOS 7/RedHat/Fedora/OpenSuse

Após a instalação do sistema operacional, execute o comando abaixo para atualizar (caso ainda não tenha feito)

1
# yum update -y

 

Instalando com base no RPM

A partir do arquivo diretamente no site

1
sudo yum install https://s3-us-west-2.amazonaws.com/grafana-releases/release/grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm

Ou baixe e instale manualmente

Instale o pacote wget para conseguir baixar via linha de comando

1
yum install wget -y

Acesse o diretório tmp para fazer download

1
cd /tmp

Comando para baixar o arquivo RPM

1
wget https://s3-us-west-2.amazonaws.com/grafana-releases/release/grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm

Aguarde o término do download

Execute o comando abaixo para instalar via RPM

1
2
sudo yum install initscripts fontconfig
sudo rpm -Uvh grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm

Resumo dos comandos acima:

1
2
3
4
cd /tmp
wget https://s3-us-west-2.amazonaws.com/grafana-releases/release/grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm
sudo yum install initscripts fontconfig
sudo rpm -Uvh grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm

Pronto o Grafana foi instalado!

Execute os comandos abaixo para instalar bibliotecas de renderização para textos em imagens PNG

1
2
3
yum install -y fontconfig
yum install -y freetype*
yum install -y urw-fonts

Configure o Grafana para iniciar no boot

1
sudo /sbin/chkconfig --add grafana-server

Os logs gerados pelo Grafana ficam no diretório:

1
/var/log/grafana

Para iniciar o Grafana execute o comando:

1
sudo service grafana-server start

Agora você pode acessar pelo navegador usando o IP e a porta padrão 3000;

http://ip-computador:3000

Login: admin/admin

Caso não consiga acessar o Grafana pelo IP e porta libere no firewall usando o comando;

1
2
firewall-cmd --permanent --add-port=3000/tcp 
firewall-cmd --reload

 

Tela inicial após efetuar Login

Leia o próximo post dos primeiros passos após a Instalação do Grafana

Primeiros passos após Instalação do Grafana

Parte do material foi retirado do site oficial: Grafana.com