Instalando Grafana no Linux CentOS/RedHat/Fedora/OpenSuse em 10 minutos

O Grafana é uma ferramenta que permite a criação de dashboards incríveis e permite a integração com outras ferramentas (Zabbix, MySQL, PostGree, entre outras)

Vou demonstrar como instalar o Grafana no Linux CentOS, e você pode aplicar os mesmos passos no RedHat ou Fedora.

É necessário ter conhecimentos básicos de rede e linux.

Estou usando uma máquina virtual com a seguinte configuração: 2 GB Ram, HD 50SSD, CentOS 7.4 x64
(Softwares para máquina virtual: Vmware, VirtualBox), ou contrate uma máquina nos sites; Linode.com, DigitalOcean, Atlantic.net)

 

Para preparar o ambiente e instalar o CentOS leia o post: http://blog.fabianobento.com.br/2018/05/preparacao-configuracao-ambiente-para-instalacao-grafana-linux-centos-7-redhat-fedora-opensuse/

Preparação e Configuração do Ambiente para Instalação do Grafana no Linux CentOS 7/RedHat/Fedora/OpenSuse

Após a instalação do sistema operacional, execute o comando abaixo para atualizar (caso ainda não tenha feito)

1
# yum update -y

 

Instalando com base no RPM

A partir do arquivo diretamente no site

1
sudo yum install https://s3-us-west-2.amazonaws.com/grafana-releases/release/grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm

Ou baixe e instale manualmente

Instale o pacote wget para conseguir baixar via linha de comando

1
yum install wget -y

Acesse o diretório tmp para fazer download

1
cd /tmp

Comando para baixar o arquivo RPM

1
wget https://s3-us-west-2.amazonaws.com/grafana-releases/release/grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm

Aguarde o término do download

Execute o comando abaixo para instalar via RPM

1
2
sudo yum install initscripts fontconfig
sudo rpm -Uvh grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm

Resumo dos comandos acima:

1
2
3
4
cd /tmp
wget https://s3-us-west-2.amazonaws.com/grafana-releases/release/grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm
sudo yum install initscripts fontconfig
sudo rpm -Uvh grafana-5.1.0-1.x86_64.rpm

Pronto o Grafana foi instalado!

Execute os comandos abaixo para instalar bibliotecas de renderização para textos em imagens PNG

1
2
3
yum install -y fontconfig
yum install -y freetype*
yum install -y urw-fonts

Configure o Grafana para iniciar no boot

1
sudo /sbin/chkconfig --add grafana-server

Os logs gerados pelo Grafana ficam no diretório:

1
/var/log/grafana

Para iniciar o Grafana execute o comando:

1
sudo service grafana-server start

Agora você pode acessar pelo navegador usando o IP e a porta padrão 3000;

http://ip-computador:3000

Login: admin/admin

Caso não consiga acessar o Grafana pelo IP e porta libere no firewall usando o comando;

1
2
firewall-cmd --permanent --add-port=3000/tcp 
firewall-cmd --reload

 

Tela inicial após efetuar Login

Leia o próximo post dos primeiros passos após a Instalação do Grafana

Primeiros passos após Instalação do Grafana

Parte do material foi retirado do site oficial: Grafana.com

Vou fazer um artigo no qual recebo várias perguntas: Como gerar arquivos XML no padrão TISS da ANS.  Vou demonstrar usando PHP e API DOM nesta primeira parte e futuramente complementarei com dados a partir de banco de dados MySQL.

O padrão TISS é determinado pela ANS, você poderá consultar outras informações do padrão TISS no site da Agência Nacional de Saúde.

Para seguir, é necessário ter noções básicas da linguagem PHP.

Obs.: Não vou ensinar como desenvolver um sistema com a finalidade de faturamento, apenas o passo a passo da geração do XML no padrão TISS usando o PHP e a biblioteca DOM.

Basicamente o faturamento dos atendimentos/contas, consiste no atendimento do beneficiário pelo prestador(clínica, hospital, laboratório, banco de sangue, clínicas de imagem, entre outros), que é credenciado as operadoras de saúde (Bradesco Saúde, Unimed, Postal Saúde, Geap, Cassi, Capesp, Saúde Itaú, Sul América,…).

O envio do faturamento é feito por lotes(vários atendimentos no mesmo lote, geralmente até 100 atendimentos no mesmo lote) e pode ser via portal da Operadora por digitação das contas (quando a mesma oferece o recurso) ou a partir do envio de arquivos XML. E cada operadora permite e aceita o envio até uma data limite de cada mês(competência), por exemplo; a operadora XYZ aceita que o envio seja feito até o dia 20, e fará o pagamento até o dia 19 do mês subsequente(30 dias após o envio). Desta forma os prestadores precisam ficar atentos ao cumprimento de envio nas datas certas para receber no prazo, caso contrário o pagamento pela operadora é feito na próxima competência.

A geração do XML consiste em dados dos pilares: Operadora de Saúde <-> Prestador de Serviços <-> Beneficiários/Segurados,  ou seja, precisamos das informações de credenciamento do prestador de saúde,  dados do prestador e do segurado. Abaixo uma exemplificação dos dados;

Dados da operadora:
Registro ANS: 1111
Versão TISS: 03.03.03

Dados do Prestador:
Código de Credenciamento: 12345
CNPJ: 00.000.000/0000-0 (Fictício)

Dados de faturamento:
Número da remessa/fatura/Lote: 123

Dados do atendimento:
Data e Hora: 03/04/2018 22:15:00
Nome: Fulano de Tal
Carteira: 4444444444444444
Validade da carteira: 31/12/2030
Recém nascido: Não
Tipo de Atendimento: Ambulatorial
Caráter do atendimento: Eletivo
Guia/Senha: 1111/2222

Médico: Dr. Fabiano
CRM: 0000
CBOS:

Código da tabela: 22
Procedimento TUSS: 10101012
Descrição do Procedimento: Consulta em consultório
Valor unitário: 500,00
Valor Total:  500,00

 

<?php
#Definindo as variáveis

#Dados Operadora:
$_XML['versao_tiss']='030303';
$_XML['registro_ans'] = '1111';

#Dados Prestador:
$_XML['codigo_credenciamento'] = '12345';
$_XML['cnpj'] = '0000000000000';
$_XML['prestador'] = 'Hospital ABCD';

#Dados do atendimento e beneficiário
$_XML['data_hora'] = '03/04/2018 22:15:00';
$_XML['rn'] = 'N'; #Não 
$_XML['tipo_atd'] = 'Ambulatorial'; 
$_XML['carater'] = 'E'; #Eletivo 
$_XML['guia'] = '1111'; 
$_XML['senha'] = '2222'; 
$_XML['medico'] = 'Dr. Fabiano'; 
$_XML['crm'] = '0000'; 
$_XML['cbos'] = '';
#Dados do beneficiário
$_XML['nome'] = 'Fulano de Tal';
$_XML['dt_nascimento'] = '01/01/1980';
$_XML['carteira']  = '4444444444444444';
$_XML['validade'] = '31/12/2030';

#Dados da Fatura / Lote
$_XML['fatura_remessa'] = '123';

#Dados do procedimento realizado
$_XML['tabela'] = '22';
$_XML['procedimento_tuss'] = '10101012';
$_XML['descricao_proced'] = 'Consulta em consultório';
$_XML['valor_unitario'] = '500,00';
$_XML['qtde'] = '1';
$_XML['valor_total'] = '500,00';

$_XML['tipoTransacao'] = 'ENVIO_LOTE_GUIAS';
$_XML['sequencialTransacao'] = '6658';
$_XML['dataRegistroTransacao'] = '2018-01-18';
$_XML['horaRegistroTransacao'] = '10:00:00';

 # Utilize a variável $_XML['hash_dados'] para concatenar os dados e calcular o HASH antes do terceiro bloco
$_XML['hash_dados'] = '';

#A variável $_XML['hash'] está nula pois deve ser calculada com os dados dos elementos(tags) do XML
$_XML['hash'] = 'calculo do HASH';

//$_XML[''] = ''; // para criar novas variáveis apenas siga o padrão

Após a declaração das variáveis, vamos iniciar a geração da estrutura no nosso arquivo.

 

#versao XML e codificação
$xml = new DOMDocument("1.0", "ISO-8859-1"); 
//também poderia ser UTF-8
 
#remove os espacos em branco
$xml->preserveWhiteSpace = false;

#Realizar a quebra dos blocos do XML por linha
$xml->formatOutput = true;

		//Criação dos elementos do Namespace ans:mensagemTISS
		$xml->createAttributeNS( 'http://www.w3.org/2000/09/xmldsig#', 'ds:attr' );
		$xml->createAttributeNS( 'http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance', 'xsi:attr' );
		$xml->createAttributeNS( 'http://www.ans.gov.br/padroes/tiss/schemas http://www.ans.gov.br/padroes/tiss/schemas/tissV3_03_01.xsd', 'schemaLocation:attr' );
		$xml->createAttributeNS( 'http://www.ans.gov.br/padroes/tiss/schemas', 'ans:attr' );
        
        
// Nó / Bloco Principal
// ans:mensagemTISS
$mensagemTISS = $xml->createElement("ans:mensagemTISS");
$xml->appendChild($mensagemTISS);

	/* primeiro bloco */
	// ans:mensagemTISS / ans:cabecalho
	$cabecalho = $xml->createElement("ans:cabecalho");
	$mensagemTISS->appendChild($cabecalho);
	
	
		// ans:mensagemTISS / ans:cabecalho / ans:identificacaoTransacao
		$identificacaoTransacao = $xml->createElement("ans:identificacaoTransacao");
		$cabecalho->appendChild($identificacaoTransacao);
		
				# ans:tipoTransacao
				$tipoTransacao = $xml->createElement("ans:tipoTransacao", $_XML['tipoTransacao']);
				$identificacaoTransacao->appendChild($tipoTransacao);
				
				#sequencialTransacao
				$sequencialTransacao = $xml->createElement("ans:sequencialTransacao", $_XML['sequencialTransacao']);
				$identificacaoTransacao->appendChild($sequencialTransacao);

				#dataRegistroTransacao
				$dataRegistroTransacao = $xml->createElement("ans:dataRegistroTransacao", $_XML['dataRegistroTransacao']);
				$identificacaoTransacao->appendChild($dataRegistroTransacao);

				#horaRegistroTransacao
				$horaRegistroTransacao = $xml->createElement("ans:horaRegistroTransacao", $_XML['horaRegistroTransacao']);
				$identificacaoTransacao->appendChild($horaRegistroTransacao);
			
		
		// ans:mensagemTISS / ans:cabecalho / ans:origem
		$origem = $xml->createElement("ans:origem");
		$cabecalho->appendChild($origem);
		
				// ans:mensagemTISS / ans:cabecalho / ans:origem / identificacaoPrestador
				$identificacaoPrestador = $xml->createElement("ans:identificacaoPrestador", $_XML['cnpj']);
				$origem->appendChild($identificacaoPrestador);
				
		
		// ans:mensagemTISS / ans:cabecalho / ans:destino
		$destino = $xml->createElement("ans:destino");
		$cabecalho->appendChild($destino);
		
				// ans:mensagemTISS / ans:cabecalho / ans:registroANS
				$registroANS = $xml->createElement("ans:registroANS", $_XML['registro_ans']);
				$destino->appendChild($registroANS);
		
		// ans:mensagemTISS / ans:cabecalho / ans:Padrao
		$Padrao = $xml->createElement("ans:Padrao", $_XML['padrao_tiss']);
		$cabecalho->appendChild($Padrao);
	
	
	/* segundo bloco */
	// ans:mensagemTISS / ans:prestadorParaOperadora
	$prestadorParaOperadora = $xml->createElement("ans:prestadorParaOperadora");
	$mensagemTISS->appendChild($prestadorParaOperadora);
	
		// ans:mensagemTISS / ans:prestadorParaOperadora / loteGuias
		$loteGuias = $xml->createElement("ans:loteGuias");
		$prestadorParaOperadora->appendChild($loteGuias);		

			// ans:mensagemTISS / ans:prestadorParaOperadora / loteGuias / numeroLote
			$numeroLote = $xml->createElement("ans:numeroLote", $_XML['lote_remessa']);
			$loteGuias->appendChild($numeroLote);	
 
 			// ans:mensagemTISS / ans:prestadorParaOperadora / loteGuias / guiasTISS
			$guiasTISS = $xml->createElement("ans:guiasTISS");
			$loteGuias->appendChild($guiasTISS);	

// Calculo o Hash - Você poderia gerar os dados, usar um (replace do PHP) para substituir as tags, e pegar apenas os dados
$_XML['hash_dados'] = '' 
$_XML['hash'] = md5($_XML['hash_dados']);	

	/* terceiro bloco */
	// ans:mensagemTISS / ans:epilogo
	$epilogo = $xml->createElement("ans:epilogo");
	$mensagemTISS->appendChild($epilogo);
	
		// ans:mensagemTISS / ans:epilogo / ans:hash
		$hash = $xml->createElement("ans:hash", $_XML['hash']);
		$epilogo->appendChild($hash);	

# Comando para salvar/gerar o arquivo XML TISS
# Geralmente o nome do arquivo é o HASH que foi calculado ou número do lote, pois são informações únicas.
# você pode usar as variáveis: $_XML['fatura_remessa'] . $_XML['hash']

$xml->save("xml_tiss.xml");


# Imprime / Gera o xml em tela
echo $xml->saveXML();
?>

Com o comando acima você terá o seguinte retorno: xml_tiss.xml

<?xml version="1.0" encoding="ISO-8859-1"?>
<ans:mensagemTISS xmlns:ds="http://www.w3.org/2000/09/xmldsig#" 
xmlns:xsi="http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance" 
xmlns:schemaLocation="http://www.ans.gov.br/padroes/tiss/schemas http://www.ans.gov.br/padroes/tiss/schemas/tissV3_03_01.xsd" 
xmlns:ans="http://www.ans.gov.br/padroes/tiss/schemas">
 <ans:cabecalho>
 <ans:identificacaoTransacao>
 <ans:tipoTransacao>ENVIO_LOTE_GUIAS</ans:tipoTransacao>
 <ans:sequencialTransacao>6658</ans:sequencialTransacao>
 <ans:dataRegistroTransacao>2018-01-18</ans:dataRegistroTransacao>
 <ans:horaRegistroTransacao>10:00:00</ans:horaRegistroTransacao>
 </ans:identificacaoTransacao>
 <ans:origem>
 <ans:identificacaoPrestador>0000000000000</ans:identificacaoPrestador>
 </ans:origem>
 <ans:destino>
 <ans:registroANS>111111</ans:registroANS>
 </ans:destino>
 <ans:Padrao>03.03.03</ans:Padrao>
 </ans:cabecalho>
 <ans:prestadorParaOperadora>
 <ans:loteGuias>
 <ans:numeroLote>123</ans:numeroLote>
 <ans:guiasTISS/>
 </ans:loteGuias>
 </ans:prestadorParaOperadora>
 <ans:epilogo>
 <ans:hash>calculo do HASH</ans:hash>
 </ans:epilogo>
</ans:mensagemTISS>

 

Download do Arquivo: gerador_xml_tiss

 

Ao usar o #CSSCAN foi retornado a critica “CSS-00107: Character set migration utility schema not installed”

select * from v$nls_parameters where parameter in (‘NLS_CHARACTERSET’,’NLS_LANGUAGE’);

— ALTER SESSION SET NLS_LANGUAGE = ‘AMERICAN’
— ALTER SESSION SET NLS_LANGUAGE = ‘BRAZILIAN PORTUGUESE’

–WE8ISO8859P1
–WE8MSWIN1252

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
[oracle@srvrussia ~]$ csscan
 
Character Set Scanner v2.2 : Release 11.2.0.1.0 - Production on Sat Nov 26 09:58       :21 2016
 
Copyright (c) 1982, 2009, Oracle and/or its affiliates.  All rights reserved.
 
Username: system
 
Password:
 
Connected to:
Oracle Database 11g Enterprise Edition Release 11.2.0.1.0 - 64bit Production
With the Partitioning, OLAP, Data Mining and Real Application Testing options
 
CSS-00107: Character set migration utility schema not installed
 
Scanner terminated unsuccessfully.

 

Para resolver é simples, basta conectar com usuário SYS, localizar o script (csminst.sql) conforme o diretório de instalação do Oracle e executar.

1
SQL> @/u01/app/oracle/product/11.2.0/db_1/rdbms/admin/csminst.sql

 

screenshot_1 Read More →

Instalando o Pentaho BI Server 6.0 (Windows 7 / Windows 10)

ATUALIZADO COM DICA PARA ACESSO VIA NAVEGADOR EM OUTROS COMPUTADORES

Atualizado em 20/08/2017

Antes de iniciar faça o download e instalação do JAVA JDK.

http://www.oracle.com/technetwork/java/javase/downloads/jdk8-downloads-2133151.html?ssSourceSiteId=otnpt

(apenas avançar, avançar, avançar)

Após a instalação do JAVA SE (SDK), é recomendado reiniciar o computador.

 

Para instalar o Pentaho acesse o site (https://sourceforge.net/projects/pentaho/) e faça o download do Business Intelligence Server 6.0, se preferir clique no link abaixo;
https://sourceforge.net/projects/pentaho/files/Business%20Intelligence%20Server/6.0/

Após o Download crie um pasta com o nome (Pentaho) no diretório C: (C:/Pentaho), e descompacte o arquivo baixado.

pentaho-01-descompactar pentaho-02-descompactar
Agora é necessário criarmos a variável de ambiente (PENTAHO_JAVA_HOME), você pode clicar sobre o atalho meu computador na área de trabalho ou acessar o painel de controle, para ter acesso a configurações avançadas do sistema.

Clique em Iniciar > Configurações > Painel de controle

No Painel de Controle, localize e clique em Sistemas

Na janela Propriedades do sistema, clique na aba Avançado

Na aba Avançado, clique em Variáveis de ambiente

Na janela Variáveis de ambiente,  clique no botão Nova

Na janela Nova variável de sistema, digite “PENTAHO_JAVA_HOME” no campo Nome da variável e no campo Valor da variável digite “C:\Arquivos de programas\Java\jdk1.8.0_60” e clique no botão OK para confirmar, só lembrando que esta informação será de acordo a versão do Java SE instalado.

pentaho-03
Agora localize a variável Path em variáveis de Ambiente, e clique em editar e no final insira (;%PENTAHO_JAVA_HOME%/bin) imagem abaixo.

pentaho-var-Path

Não esqueça de colocar a barra ( / ) antes do bin

var-pentaho

Iniciando o Business Intelligence Server

Abra o command, utilize as teclas de atalho (Windows + R) para abrir o executar, ou procure o menu iniciar.

executar-comandOu procure no menu iniciar (imagem abaixo)

Etapa opcional: Poderá usar o comando (cd\) para retornar ao diretório (C:\), imagem abaixo.

E digite C:\pentaho\biserver-ce\start-pentaho.bat

pentaho-04

Após cerca de 2 a 3 minutos, já será possível acessar.

Abra o navegador e digite o endereço;

http://localhost:8080/pentaho/Login

Usuário: Admin
Senha: password

pentaho-06-web-login

pentaho-07-tela-home

Na primeira tentativa de instalação, usei uma maquina virtual com 4GB de ram, windows 7 professional 64bit, com 4 cores de 2.4Ghz(equivalente a core i3), a maquina ficou extremamente lenta, percebi que o Tomcat/Java, consumiu um pouco mais de 3GB de memória, na sequencia fiz a instalação no meu computador principal. (imagem abaixo demonstrando o consumo).

Configuração do meu computador: AMD Phenom  II X6 3.30Ghz, 8/16GB, HD SSD e SO Windows 10 Pro

pentaho-05-media-phenon-II.330016gb

 

Requisitos de Hardware;

Processador CPUs : i5 / 4 cores
RAM 8gb. (4 gb para Pentaho Data Integration Dedicado, 4 Servidor Apache Tomcat)
Espaço em Disco 80gb

Dica 01/2017 (atualizado)

Se você possuir dois computadores e quiser instalar em um e acessar pelo outro, basta configurar o arquivo hosts. veja abaixo;

1º – abra o arquivo hosts localizado no diretório C:\Windows\System32\drivers\etc

(usar no notepad ou notepad++ em modo administrador) para conseguir salvar após a alteração.

2º- Incluir o IP e o nome do computador da instalação do Pentaho, lembrando que o IP deverá ser fixo e salvar o arquivo.

 

Em seguida poderá acessar pelo navegador usando o outro computador.

http://pc-local:8080/pentaho/Login ou http://192.168.1.50:8080/pentaho/Login

OBS.: Libere a permissão no firewall do computador onde está instalado o Pentaho.