O uso de session ajuda bastante, permite setarmos váriaveis globais para usar em todo o site sem a necessidade de ficar carregando ou obtendo o valor da váriavel atraves do $_GET (usuário.php?ID=123).

Para começar a usar sessão no PHP siga o exemplo abaixo.

crie um arquivo chamado teste1.php

session_start('nome_sessao'); //esse comando deve estar na primeira linha

//você também poderá ativar o buffer usando o comando ob_start que evita alguns erros
ob_start(); //ob_start — Ativa o buffer de saída

//atribuimos a palavra valor para variavel global nome_var_session
$_SESSION['nome_var_session'] = "valor";

Agora para testar crie um segundo arquivo chamado teste2.php

//inicie com o comando session e lembre-se de manter o mesmo nome que atribuiu para  a sessão anterior.
session_start('nome_sessao');

//imprimi a variavel global
echo $_SESSION['nome_var_session'];

Funções para Sessão

* session_cache_expire — Retorna o prazo do cache atual
* session_cache_limiter — Obtém e/ou define o limitador do cache atual
* session_commit — Sinônimo de session_write_close
* session_decode — Decifra dado de sessão de uma string
* session_destroy — Destrói todos os dados registrados em uma sessão
* session_encode — Codifica os dados da sessão atual como uma string
* session_get_cookie_params — Obtém os parâmetros do cookie da sessão
* session_id — Obtém e/ou define o id de sessão atual
* session_is_registered — Descobre se uma variável global está registrada numa sessão
* session_module_name — Obtém e/ou define o módulo da sessão atual
* session_name — Obtém e/ou define o nome da sessão atual
* session_regenerate_id — Atualiza o id da sessão atual com um novo gerado
* session_register — Registrar uma ou mais variáveis globais na sessão atual
* session_save_path — Obtém e/ou define o save path da sessão atual
* session_set_cookie_params — Define os parâmetros do cookie de sessão
* session_set_save_handler — Define a sequência de funções de armazenamento
* session_start — Inicia dados de sessão
* session_unregister — Desregistra uma variável global da sessão atual
* session_unset — Libera todas as variáveis de sessão
* session_write_close — Escreve dados de sessão e termina a sessão

acesse: http://www.php.net/manual/pt_BR/ref.session.php

Olá pessoal,

O PHP tem uma função que verifica se um arquivo ou diretorio existe.

file_exists — Checa se um arquivo ou diretório existe

pode ser usado em vários casos, como exemplo um upload de imagens e arquivos que há necessidade de checar se a pasta onde serão salvos os uploads existe ou verificar se determinada imagem existe.

$arquivo = '/diretorio/arquivo.txt';

if (file_exists($arquivo)) {
    echo "O arquivo $arquivo existe";
} else {
    echo "O arquivo $arquivo não existe";
}

Em um cadastro de pessoas onde poderá ter ou não uma foto cadastrada.

$foto_funcionario = '/fotos/foto.jpg';

if (file_exists($foto_funcionario)) {
    $imagem = $foto_funcionario;
} else {
    $imagem ='/fotos/sem-imagem.jpg';
}

è so você implementar no seu codigo.

Ate a proxima.

Olá pessoal, hoje vou mostrar sobre os tipos de dados que podem ser definidos para as colunas do seu banco de dados e tornar suas consultas mais rápidas.

Tipos de data e Hora:

DATE – armazena data tipo AAAA-MM-DD
DATETIME – armazena data e hora no formato – AAAA-MM-DD HH:MM:SS
TIME – armazena hora no formato – hh:mm:ss
YEAR – armazena ano no formato – aaaa
TIMESTAMP – armazena data e hora podendo ser usando com TIME_STAMP

Tipos numéricos
Bytes Range
TINYINT 1 -128 até 127
SMALLINT 2 -32768 até 32767
MEDIUMINT 3 -8388608 até 8388607
INT 4 -2147483648 até 2147483647
BIGINT 8 -9223372036854775808 até 9223372036854775807

Tipos string

Os tipos strings são CHAR, VARCHAR, BLOB, TEXT, ENUM, e SET.

A seguinte tabela ilustra as diferenças entre os dois tipos de colunas, mostrando o resultado de se armazenar vários valores de strings em campos CHAR(4) e VARCHAR(4):
CHAR-VARCHAR

Então usar varchar é melhor para meu banco ficar mais leve certo ? Errado!
É obvio que para um colunas com valores fixos você deve usar CHAR, e colunas com valores variaveis deve-se usar o VARCHAR.
Mas isso vai depender muito do tipo de informação que será guardada pois em alguns casos é melhor usar CHAR pois a maneira que o Mysql trabalha internamente para essas colunas poderá fazer sua consulta ficar mais lenta.
E também depende de como esta seus indices entre outros fatores que influenciam.

Tipo ENUM
Enum – armazena um valor único de uma lista pré especificada.
Ex.: ENUM(‘S’,’N’) – somente será aceito os valos S,N
pode ser usado para campos como, sexo, recebe newsletter,

Tipos binários

Olá pessoal,

Por incrivel que pareça ainda encontramos usuários utilizando navegadores com versões desatualizadas.

Para ajudar na campanha Update your Browser(atualize seu navegador), estou divulgando o site e links para atualização dos navegadores mais usados.

“Versões antigas e desatualizadas de navegadores têm problemas de segurança e não acompanham os novos padrões de desenvolvimento para a Internet. O Atualize seu navegador faz parte de um movimento internacional para eliminar os navegadores obsoletos do mercado.”

Faça download da nova versão do seu navegador agora mesmo.

http://www.updateyourbrowser.net/pt/ (Português)

Atualize seu Navegador