UNBOXING, Instalação e Teste – HD SSD XPG SX8100 1TB

SSD SX8100 1TB

Na etapa seguinte vamos conferir se o computador reconheceu o SSD

Caso apresente uma mensagem para iniciar o Disco, clique em SIM.

Clique sobre o disco e selecione a opção volume simples.

Para clonar o HD para SSD, baixe o programa Macrium Reflect

No meu caso, vou clonar um SSD de 120GB para o novo de 1TB.

https://www.macrium.com/reflectfree?download=n&email=writee%40civoo%2Ecom&edition=5&type=h#

instalação é bem simples.

Vamos selecionar a opção para clonar disco.

E agora o disco de destino

Na mensagem, confirme e aguarde a cópia.

Em seguida reinicie o computador, acesse a BIOS e ajuste para iniciar pelo novo HD.

Obs.: É provável que na copia a nova unidade seja criado com o mesmo tamanho da unidade anterior.

Utilizo máquinas virtuais há muito tempo (virtual box, vmware player), e uma situação muito comum é a máquina virtual fechar após algum tempo. Isso ocorre devido a configuração do tempo de inatividade configurada e para corrigir é bem fácil.

Pesquise e localize a opção de Configurações de energia e suspensão (imagem abaixo)

Na tela de configuração, localize a opção SUSPENDER, e altere para NUNCA, desta forma a máquina virtual ficará sempre ligada.

Se por algum motivo não conseguir atualizar a versão do Windows instalada no seu computador, você pode “forçar” a atualização com alguns passos bem simples.

No meu caso foi a falta de espaço em disco “há um tempo até foi”, a falta de espaço, pois meu HD SSD era apenas 120GB, e nos discos auxiliares estava no limite, e eu sempre ficava adiando, e adiando a bendita atualização, só que depois de um tempo deixei pra lá, e isso fez com que o meu computador não executa-se a atualização normalmente, pois estava com versão muito antiga. Mas cheguei em um ponto que alguns aplicativos não estão funcionando corretamente, então vamos atualizar!

Neste mensagem do Windows Update, tentei executar mais de 3 vezes, e todas sem sucesso.

Navegando e pesquisando no site da Microsoft encontrei a solução.

Para descobrir a versão instalada, pressione a tecla Windows + R, e digite winver

Bom, vamos ao que interessa!

Para começar acesse o site da Microsoft e clique em atualizar agora, será baixado um arquivo para o seu computador.
Link para o site: https://www.microsoft.com/pt-br/software-download/windows10

Execute o arquivo e aguarde, serão apresentados os passos a seguir;

O software irá executar alguns checagens.

Verificando o download

Atualizando o Windows

Instalando o Firebird 1.5 no Windows 10

Recentemente precisei fazer a instalação dos aplicativos SUS AIH, SUS BPA, onde necessita da instalação do Firebird 1.5, mas ao executar o arquivo de instalação é retornado uma mensagem que o aplicativo não é compatível com a versão do S.O.

Firebird-1.5.5.4926-3-Win32.exe

Para resolver basta renomear o arquivo para qualquer nome, exemplo: (setup.exe) e executar novamente o instalador.

Neste artigo estarei demonstrando como instalar o Banco de Dados Oracle 12c no Windows, incluindo a criação de um banco padrão.

Antes de instalar o software, o OUI (Oracle Universal Installer), fará algumas verificações automatizadas para garantir que o computador atenda aos requisitos básicos de hardware e software para a instalação do banco de Dados Oracle. Caso o computador não atenda aos requisitos, uma mensagem será apresentada.

Alguns requisitos básicos são:

Mínimo de 2GB de memória física
Pelo menos 10 GB de espaço em disco

Para começar é necessário fazer o download do Oracle 12c pelo link https://www.oracle.com/database/technologies/oracle-database-software-downloads.html

Após o download você deve descompactar os arquivos baixados;


Neste seção, você iniciará a instalação do Banco de Dados Oracle, acesse a pasta database que você extraiu na etapa anterior e clique duas vezes sobre setup, pode ser necessário permitir a execução do arquivo na UAC.

Na janela que será aberta digite seu endereço de e-mail e a senha do login no site da oracle para receber as notificações dos problemas de segurança por e-mail. Se você não quiser as notificações por e-mail desmarque a opção e clique em próximo.
Nesta Janela selecione uma das opções, em nosso tutorial Criamos e configuramos um banco de dados, então marque a primeira opção.
Escolha a opção de acordo a arquitetura da instalação, sendo; Classe Desktop/Laptop ou servidor.
Neste tutorial utilizaremos a opção Classe Desktop.
Segu
indo a recomendação, iremos marcar a opção para a criar um novo usuário no Windows com apenas os privilégios necessários para a execução da instância do banco de dados.
Nesta janela é realizado a configuração do local de instalação, observe que por padrão é criado um banco de dados chamado pdborcl. Na minha instalação estou alterando para “bento”, você pode deixar com o padrão ou alterar.
Digite a senha para a administração do Banco de Dados Oracle. Essa senha será utilizados posteriormente para login de administrador SYS e SYSTEM.
O instalador fará as verificações de pré requisitos.
Após as verificações de pré-requisito a janela com o resumo será apresentada, revisa todas as configurações e clique em instalar.
A janela de status será exibida. Esta etapa leva cerca de 15 minutos dependendo da configuração do computador.

Em seguida será aberta a tela do Assistente de Configuração do Banco de Dados.

Ao chegar em 100% será exibida a janela abaixo informando que terminou, caso queira abrir o gerenciamento de senhas para desbloquear outras contas clique no botão.
Após a

Ao terminar você poderá abrir o gerenciador e navegar a partir do endereço https://localhost:5500/em com o usuário SYS.

Após concluir clique em “Fechar”

https://localhost:5500/em

Agora você poderá analisar e verificar a partir dos serviços do Windows a execução dos serviço do Banco de Dados Oracle.

Abra o executar no menu iniciar ou com a tela de atalho Windows + R, e digite Services.msc

Caso reinicie o computador e não consiga acessar o banco de dados, verifique se os serviços estão ativos e funcionando.

Caso queira acessar de outros computadores será necessário liberar a porta 1521 ou 1522 no firewall, instalar o client do Oracle no outro computador e configurar o arquivo TNSNAMES.ora, que normalmente fica localizado em C:\app\OracleHomeUser\product\12.1.0\dbhome_1\NETWORK\ADMIN
Este é o arquivo da instalação do servidor, nas estações de trabalho é necessário ajustar o nome do HOST com o IP ou nome do computador.

Instalar Webmin (versão 1.940) no CentOS 8 usando o arquivo tar.gz

O Webmin é um sistema que permite o gerenciamento dos principais servidores(plataforma unix) como; Apache, DNS, Squid, DHCP, Compartilhamento de arquivos, Banco de dados MySQL entre muito outros.
Uma das maiores vantanges é a administração através do browser(Navegador de internet) que pode ser feito localmente ou remoto em qualquer computador conectado a internet, e você não precisa editar os arquivos de configuração manualmente.

Após logar no servidor usando o Putty vamos instalar o servidor web e pacotes necessários;

Instalando o servidor web

yum install httpd -y

Instalando o pacote Perl

yum install perl perl5 -y

Fazendo o download

Para o download vamos acessar o diretório temporário, digite no terminal;

cd /tmp

Agora o comando para o download

wget https://sourceforge.net/projects/webadmin/files/webmin/1.940/webmin-1.940.tar.gz

Vamos instalar

[root@server /tmp]

# gunzip webmin-1.940.tar.gz

[root@server /tmp]

# tar xf webmin-1.940.tar

[root@server /tmp]

# cd webmin-1.940

[root@server /tmp/webmin-1.940]

# ./setup.sh /usr/local/webmin

Quando o arquivo script.sh for executado, ele irá fazer algumas perguntas:

– O diretório de configuração do webmin
(pode ser escolhido um diretorio diferente para que as configurações sejam salvas quando você atualizar, se estiver usando o mesmo diretório config esta será a unica pergunta)

– O diretório de log do Webmin
(Local para armazenar os arquivos de log do webserver)

– Diretório da instalação do Perl
(Normalmente é, /usr/bin/perl ou /usr/local/bin/perl)

– Tipo do sistema operacional
(O script irá mostrar uma lista de sistemas suporteados, se o seu não estiver na lista escolha o mais proximo, mas poderá não funcionar corretamente)

– Porta de funcionamento do servidor web
(porta padrão :10000)

– Usuário e Senha
(Usuário e senha usados para acessar o servidor Webmin)

– Nome do servidor Web
(nome da maquina em que o Webmin esta instalado)

– SSL
(So será perguntado se tiver instalado no sistema bibliotecas SSL Perl)

– Iniciar o Webmin na inicialização da maquina
(Se for suportado pelo sistema operacional o Webmin irá perguntar se deseja inicia-lo junto com a inicialização da maquina)

Apos instalado pode ser facilmente acessado por qualquer computador, basta digitar no navegador http://localhost:10000/ ou trocar o localhost pelo IP do servidor.

Post para a versão CentOS 5.5