Regras de negócio

Posted by Bento | Posted in Artigos, Desenvolvimento, UML | Posted on 27-06-2011-05-2008

0

As regras de negócio definem como o seu negócio funciona.

Regras do Negócio são declarações sobre a forma da empresa fazer negócio. Elas refletem políticas do negócio. Organizações têm políticas para satisfazer os objetivos do negócio,satisfazer clientes, fazer bom uso dos recursos, e obedecer às leis ou convenções gerais do negócio. Regras do Negócio tornam-se requisitos, ou seja, podem ser implementados em um sistema de software como uma forma de requisitos de software desse sistema. Representam um importante conceito dentro do processo de definição de requisitos para sistemas de informação e devem ser vistas como uma declaração genérica sobre a organização.

As regras de negócio definem como o seu negócio funciona, podem abranger diversos assuntos como suas políticas, interesses, objetivos, compromissos éticos e sociais, obrigações contratuais, decisões estratégicas, leis e regulamentações entre outros.

Como o próprio nome define, a regra de negócio se aplica diretamente ao desenvolvimento de determinada plataforma de software voltada para um sistema de informação. É a regra de negócio que especifica as particularidades das funcionalidades a serem desenvolvidas.

No processo de desenvolvimento de qualquer sistema, a regra de negócio visa detalhar as funcionalidades particulares do software. Com isso facilita por parte dos programadores o desenvolvimento de métodos de tratamento de exceções, particularidades que o sistema possa executar e o mais importante, limitar ações fora do processo normal de funcionamento de um sistema específico.
(texto tirado do site: Wikipédia, a enciclopédia livre.)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Regras_de_neg%C3%B3cio

Regras de Estímulo e Resposta
Esse tipo de regra de negócio afeta o fluxo de trabalho de um caso de uso de negócios e pode ser rastreada nos casos de uso de negócios aos quais se aplica. É possível mostrar um caminho condicional ou alternativo através do fluxo de trabalho. Se as ações envolvidas são menos significativas, talvez seja suficiente deixar a avaliação da regra de negócio ser incluída em um estado de atividade.

Regras de Restrição de Operação
Esse tipo de regra de negócio geralmente é convertida em precondições e pós-condições de um fluxo de trabalho ou em um caminho condicional ou alternativo em um fluxo de trabalho. Ele também pode ser uma meta de desempenho ou alguma outra regra não comportamental que deve ser rastreado nos casos de uso de negócios aos quais ela se aplica.

Regras de Restrição de Estrutura
Esse tipo de regra de negócio afeta as relações entre instâncias de entidades de negócios. Elas são expressas pela existência de uma associação entre duas entidades de negócios; às vezes como uma multiplicidade na associação.

Regras de Dedução
Geralmente, as regras de dedução parecem semelhantes aos tipos de regra de estímulo e resposta, de restrição de operação ou de restrição de estrutura; a diferença é a existência de algumas etapas que precisam ser atingidas para chegar à conclusão. A regra implica um método que precisa ser refletido em um estado de atividade do fluxo de trabalho e eventualmente em uma operação em um trabalhador de negócio ou entidade de negócios.

Regras de Cálculo
As regras de cálculo são diferentes das regras de dedução; a diferença é que o método é mais formal e semelhante a um algoritmo. Assim como as regras de dedução, esse método precisa ser rastreado em uma atividade no fluxo de trabalho e eventualmente em uma operação em um trabalhador de negócio ou uma entidade de negócios.

informações tiradas do site
http://www.wthreex.com/rup/process/modguide/md_brule.htm