Gerenciamento de TI – Backup

Posted by Bento | Posted in Artigos, Linux, Segurança, Software Livre, Softwares, Windows | Posted on 23-01-2013-05-2008

0

Gerenciamento de TI – Backup

Equipamentos:

 

Autoloader – Sistema para gravação de dados em fita

Storag: Aquisição de storage com baixo desempenho por ser mais barata apenas para gravação de dados.

 

Software:

Bacula – software open source que roda em linux(centOS, RedHat), e pode controle o robo de backup.

CA ARCserve Backup –

HP data protector –

 

Cloud Computing

Servidores remotos para gravação dos dados

 

Gerenciamento de TI – Organização do Ambiente de Trabalho

Posted by Bento | Posted in Artigos, Qualidade | Posted on 23-01-2013-05-2008

0

Olá, pessoal hoje vou falar um pouco sobre a organização do local de trabalho.
Muitos profissionais deixam a desejar na organização de um modo geral, e isso pode impactar da produtividade e qualidade do trabalho. A organização começa na sala de trabalho, a visibilidade do ambiente demonstra se o profissional é de fato organizado ou desorganizado. Por mais simples que seja a arrumação, já irá oferecer um conceito melhor do ambiente de trabalho.

São pequenas ações que ajudam na organização e alguns itens podem adquiridos para auxiliar para auxiliar na organização, abaixo enumero algumas dicas;

1) Quadro branco com as metas e indicadores do setor, missão visão e valores da empresa.

2) Armário para chave, item que acho muito importante no meio de tantas chaves que ainda existe(bora lá implementar controle de acesso por biometria para as portas hehe). (Na Kalunga e Gimba tem para comprar custa cerca de R$ 139,00, preço pesquisado em janeiro/2013), útil para guardar as chaves de equipamentos como Racks, relógios de ponto, servidores e salas de estocagem.

http://www.kalunga.com.br/prod/armario-organizador-de-chaves-para-47-chaveiros-1620-acrimet/447530
http://www.gimba.com.br/Produto/Arm%C3%A1rio+Organizador+de+Chaves+para+47+Chaveiros+162++Acrimet?PID=2572

3) Esqueça papeis de rascunhos, utilize um caderno para anotações, tanto no dia a dia como em reuniões.

4) Usar etiquetas (P-touch), ou adesivos de vinil, pois são a prova de água e não danificam facilmente com produtos de limpeza.

5) Armário para material de expediente e limpeza.

6) Digitalização de documentos físicos (GED).

 

Veja como a implantação do ciclo 5S pode ajudar a melhorar sua empresa.

Qualidade 5S

Seiri –  senso de utilização

Seiton – senso de ordenação

Seisõ – senso de limpeza

Seiketsu – senso de saúde

Shitsuke – senso de autodisciplina

http://blog.fabianobento.com.br/2013/04/5s/

 

 

 

Gerenciamento de TI – Help Desk / Suporte

Posted by Bento | Posted in Artigos, Qualidade | Posted on 23-01-2013-05-2008

0

Gerenciamento de TI – Help Desk

Hoje vou falar um pouco sobre o gerenciamento de suporte de TI, já tive experiências em empresas de 5 a 600 funcionários, onde existe vários sistemas, aplicações, serviços e plataformas em execução. Primeiramente é importante lembrar que todo tipo de problema ou situação requer uma analise para a tomada de decisão, e que todos querem tudo para o momento (pra ontem), desde o estagiário ao diretor, e cabe ao coordenador de suporte lidar com essas situações, definindo prioridades de atendimento, sendo por severidade, risco e grau de importância. Um servidor de banco de dados por exemplo é classificado em nível de emergência, já que impacta em todo o negócio. Já uma impressora/computador dentro de um consultório médico quando se é informatizado e não se tem um plano de contingência(em papel), este pode ser classificado como prioridade alta. É claro que tudo depende de alguns fatores, como tipo de negócio, prioridades, forma de trabalho e muitas outras, abaixo listo alguns tipos de classificação que trabalhei.

Emergência: Equipamentos de missão critica (Servidores de aplicação, banco de dados, PABX(empresa telemarketing)), classificados para solução em 2 horas.

Urgência: Algum problema que afeta diretamente os clientes que estão na empresa, solução em 6 horas.

Alta: Problemas que irão afetar clientes da empresa  – solução em até 24 horas

Média: Atendimento a dúvidas, instalação de aplicativos – Atendimento inicial  em 48 horas

Baixa: Criação de relatórios, levantamentos   – Atendimento inicial em 2 semanas

Sem prioridade:  Melhorias em relatórios, Implantação de módulos e sistemas adicionais. – Atendimento

 

Hierarquia de Suporte

Nível 1 – Atendimento via chamados, ou telefone com o intuito de solucionar o caso de imediato com a aplicação de conhecimentos prévios. Neste nível identifica a criticidade do chamado, sem prioridade(até 20 dias), médio (até 10 dias), urgente(até 48 horas) ou emergencial(até 8 horas).
Nível 2 – Visa solucionar casos que o nível 1 não sabe resolver, como elaboração de levantamentos e relatórios em geral.
Nível 3 – Visa realizar o atendimento de ponta

 

Controle dos chamados

Ter uma ferramenta para controlar os chamados é primordial, pois ajuda a gerar estatísticas de equipamentos que apresentam defeitos regularmente ou usuários com muitas dificuldades e precisam de uma reciclagem ou treinamento, auxiliando na mensuração dos dados.

Alguns aplicativos gratuitos para o registro e gerenciamento;

Ocomon
Live Zila

Quem está solicitando?
è um equipamento? software ou um Serviço?
Dano
Prioridade: Emergência, Alta, Média, Baixa, Sem prioridade
O equipamento está parado? Sim/Não/Parcialmente
Classificação do chamado: Defeito, Dúvida, Solicitação, Sugestão

Data previstas para execução:

Satisfação do atendimento: ótimo, Bom , Ruim ou Não se aplica

Gerenciamento de TI – Apresentação

Posted by Bento | Posted in Artigos, Infraestrutura | Posted on 17-01-2013-05-2008

0

Olá pessoal, Hoje estou completando 5 anos de BLOG e resolvi criar uma nova área aqui no blog voltado para Infraestrutura e Gerenciamento de TI, hoje vou começar com uma postagem de apresentação e alguns pontos que considero importantes dentro das empresas.

Gerenciamento de TI

Dentro de uma empresa de médio e grande porte, existem vários serviços que estão a disposição 24 horas e muitos profissionais da área ainda não conhecem como uma área depende da outra.

fator que é a proatividade para solução de problemas, pois muitos só agem após o erro ou a falha acontecer, e não se preocupam com a segurança de acesso as informações confidenciais e restritas, politicas de backup, documentação dos processos do setor e do ambiente de TI.

-Softwares ERP, CRM, BI…
-Banco de Dados(Oracle, SQL Server, Mysql, Postgree…)
-Web Site / Intranet
-Governança Corporativa (Itil, Cobit…)
-Suporte / Proatividade
-Gerenciamento, Documentação e Organização
-Monitoramento
-Segurança
-Alta Disponibilidade
-Backup dos dados

Atualmente estou desenvolvendo um projeto para o Gerenciamento do Ambiente de computadores e servidores da empresa onde trabalho, com o objetivo de ter um controle sobre o ambiente e colocar a disposição alguns serviços que não estão ativos por falta de equipamentos. Na rede temos atualmente 150 computadores e 50 impressoras, banco de dados, oracle, mysql, postgree, servidores java, alguns destes serviços oferecidos não estão funcionando corretamente ou quando é preciso realizar a manutenção destes equipamentos é necessário interromper o acesso o que gera alguns transtornos. O foco do projeto é suprir as necessidades da empresa até a aprovação de da aquisição de novos equipamentos pela administração da empresa.
Atualmente a rede não tem um controlar de domínio ativo o que dificulta o gerenciamento das estações e impressoras.
Vou reaproveitar alguns servidores de baixa configuração que tenho a disposição e criar um controle minimo para oferecer

Vou dividir o projeto em algumas fases para facilitar conforme abaixo;

Não vou ficar escrevendo sobre os detalhes de instalações e configurações muitos detalhadas, apenas vou expor os pontos que considero importantes.

Fases do projeto
– Apresentação

– Pesquisa

– Elaboração do Pré-Projeto

– Desenvolvimento do Projeto

– Relatório do Projeto

– Desenvolvimento prático

Instalação e Configuração dos Hosts

Instalação e Configuração do Sistema Operacional

Instalação e Configuração do VMware

Instalação e Configuração do CentOS

Instalação e Configuração Webmin

Instalação e Configuração Windows Server 2003

Instalação e Configuração Windows Server 2008

Instalação do Apache TomCat em ambiente windows

Local Para manutenção dos equipamentos (computadores, impressoras, ferramentas)
-Bancada

Data Center (Antigo CPD)
-Acesso aos servidores
-Racks e Noobreaks
-Cabeamento Estruturado
-KVM
-Iluminação

Organização do Setor

Estações de Trabalho

nome dos servidores

Apresentação

Este projeto terá o objetivo de gerenciar as estações de trabalho, oferecer segurança, controlar os acessos e gerar estatisticas do ambiente.

Abaixo vou descrever as soluções e os servidores que permitem alcançarmos os objetivos dentro das limitações que temos atualmente.

Windows server 2008 – Sistema voltado para servidores, voltado para o gerenciamento de dominio e controle das estações de trabalho.
Windows server 2003 – Sistema voltado para servidores, e é mais leve que o 2008 server.
VMware – Este software permite criar maquinas virtuais e assim instalarmos mais de um sistema operacional para trabalhar de simultaneamente.
CentOS – Este sistema linux, permite a configuração de servidor web, será utilizado para implantação do projeto da Intranet da empresa.
Isa Server – Esta ferramente funciona como um firewall e roteador e será utilizada para controlar a liberação da internet para as estações de trabalho.
Apache + PHP – Servidor Web para a intranet.
Tom Cat – Servidor web Java.

Lembrando que após analise identifiquei a necessidade de aquisição de servidores para facilitar o gerenciamento e a confiabilidade dos equipamentos, porém até a liberação da autorização da compra resolvi tentar reaproveitar as maquinas disponiveis da melhor forma possivel, onde poderá ser migrado para o novo ambiente quando for aprovado pela diretoria.

Após verificar as configurações e realizar os testes de desempenho minimo com as maquinas, tenho a disposição 5 maquinas com as seguintes configurações;

01 – Intel Xeon 4GB – HD 250 GB – 1 placa de rede (Dell)
02 – Intel Quad Core 4GB – HD 2 x 1TB em raid 1 – 1 placa de rede(Dell)
03 – Intel Quad Core 4GB – HD 2 x 250GB em raid 1 – 1 placa de rede(Dell)
04 -Intel Core i3 6GB – HD 1 x 500GB – 1 placa de rede(HP)
05 – Intel Dual Core 2GB – HD 1 160GB – 2 placas de rede

Estas maquinas serão divididas da seguinte maneira;

01 – Neste servidor será instalado o windows 2008 server R2 e atuará como Controlador primário do dominio, Servidor DHCP e DNS. E uma maquina virtual com 2003 + Isa server.

02 – Vmware – Será virtualizado 2 hosts sendo um servidor secundário do domínio com windows 2008 server R2, 60GB e 500GB de espaço alocado de forma fisica para os arquivos dos usuários. E outro host com o windows 2003 para gerenciamento das impressões.

03 – Vmware – Será virtualizado 2 hosts sendo um servidor com windows 2003, para gerenciamento do antivirus corporativo. E outro Host com CentOS para a Intranet da empresa.

04 – Vmware – Será virtualizado 3 hosts, sendo um host com windows 2003 com Tom Cat, um host com windows 2003 como gerenciamento secundário das impressões.

05 – Servidor Auxiliar – Este servidor funcionará de forma Stand-by, para quando tiver a necessidade de fazer manutençãoes dos outros servidores passamos o serviço para este de forma temporária.

Abaixo uma imagem para ilustrar toda a teoria.

Blog-Servers

Comandos Úteis para Oracle

Posted by Bento | Posted in Banco de Dados, Oracle | Posted on 03-01-2013-05-2008

0

Comandos Úteis para Oracle

Para verificar a codificação do banco de dados basta rodar o SQL baixo.
select * from nls_database_parameters;

Verificar dados da Instancia do Oracle
SELECT * FROM v$instance;

verifica status da conta
select username, account_status from dba_users;

verificar se tem algum usuário usando o sistema (bom caso deseje parar o servico do oracle server)
select saddr, sid, username, logon_time, status,
osuser, machine, program
from v$session;

— objetos invalidos
select count (*) from dba_objects where status=’invalid’ and owner like ‘rm%’;

— verifica objetos invalidos
select object_type, object_name, status
from dba_objects
where status=’invalid’
and owner like ‘rm%’;

–propriedades do server (language, character set e etc..)
select * from nls_database_parameters;

–propriedades da sessao (language, character set e etc..)
select * from nls_session_parameters;