Vou fazer um artigo no qual recebo várias perguntas: Como gerar arquivos XML no padrão TISS da ANS.  Vou demonstrar usando PHP e API DOM nesta primeira parte e futuramente complementarei com dados a partir de banco de dados MySQL.

O padrão TISS é determinado pela ANS, você poderá consultar outras informações do padrão TISS no site da Agência Nacional de Saúde.

Para seguir, é necessário ter noções básicas da linguagem PHP.

Obs.: Não vou ensinar como desenvolver um sistema com a finalidade de faturamento, apenas o passo a passo da geração do XML no padrão TISS usando o PHP e a biblioteca DOM.

Basicamente o faturamento dos atendimentos/contas, consiste no atendimento do beneficiário pelo prestador(clínica, hospital, laboratório, banco de sangue, clínicas de imagem, entre outros), que é credenciado as operadoras de saúde (Bradesco Saúde, Unimed, Postal Saúde, Geap, Cassi, Capesp, Saúde Itaú, Sul América,…).

O envio do faturamento é feito por lotes(vários atendimentos no mesmo lote, geralmente até 100 atendimentos no mesmo lote) e pode ser via portal da Operadora por digitação das contas (quando a mesma oferece o recurso) ou a partir do envio de arquivos XML. E cada operadora permite e aceita o envio até uma data limite de cada mês(competência), por exemplo; a operadora XYZ aceita que o envio seja feito até o dia 20, e fará o pagamento até o dia 19 do mês subsequente(30 dias após o envio). Desta forma os prestadores precisam ficar atentos ao cumprimento de envio nas datas certas para receber no prazo, caso contrário o pagamento pela operadora é feito na próxima competência.

A geração do XML consiste em dados dos pilares: Operadora de Saúde <-> Prestador de Serviços <-> Beneficiários/Segurados,  ou seja, precisamos das informações de credenciamento do prestador de saúde,  dados do prestador e do segurado. Abaixo uma exemplificação dos dados;

Dados da operadora:
Registro ANS: 1111
Versão TISS: 03.03.03

Dados do Prestador:
Código de Credenciamento: 12345
CNPJ: 00.000.000/0000-0 (Fictício)

Dados de faturamento:
Número da remessa/fatura/Lote: 123

Dados do atendimento:
Data e Hora: 03/04/2018 22:15:00
Nome: Fulano de Tal
Carteira: 4444444444444444
Validade da carteira: 31/12/2030
Recém nascido: Não
Tipo de Atendimento: Ambulatorial
Caráter do atendimento: Eletivo
Guia/Senha: 1111/2222

Médico: Dr. Fabiano
CRM: 0000
CBOS:

Código da tabela: 22
Procedimento TUSS: 10101012
Descrição do Procedimento: Consulta em consultório
Valor unitário: 500,00
Valor Total:  500,00

 

<?php
#Definindo as variáveis

#Dados Operadora:
$_XML['versao_tiss']='030303';
$_XML['registro_ans'] = '1111';

#Dados Prestador:
$_XML['codigo_credenciamento'] = '12345';
$_XML['cnpj'] = '0000000000000';
$_XML['prestador'] = 'Hospital ABCD';

#Dados do atendimento e beneficiário
$_XML['data_hora'] = '03/04/2018 22:15:00';
$_XML['rn'] = 'N'; #Não 
$_XML['tipo_atd'] = 'Ambulatorial'; 
$_XML['carater'] = 'E'; #Eletivo 
$_XML['guia'] = '1111'; 
$_XML['senha'] = '2222'; 
$_XML['medico'] = 'Dr. Fabiano'; 
$_XML['crm'] = '0000'; 
$_XML['cbos'] = '';
#Dados do beneficiário
$_XML['nome'] = 'Fulano de Tal';
$_XML['dt_nascimento'] = '01/01/1980';
$_XML['carteira']  = '4444444444444444';
$_XML['validade'] = '31/12/2030';

#Dados da Fatura / Lote
$_XML['fatura_remessa'] = '123';

#Dados do procedimento realizado
$_XML['tabela'] = '22';
$_XML['procedimento_tuss'] = '10101012';
$_XML['descricao_proced'] = 'Consulta em consultório';
$_XML['valor_unitario'] = '500,00';
$_XML['qtde'] = '1';
$_XML['valor_total'] = '500,00';

$_XML['tipoTransacao'] = 'ENVIO_LOTE_GUIAS';
$_XML['sequencialTransacao'] = '6658';
$_XML['dataRegistroTransacao'] = '2018-01-18';
$_XML['horaRegistroTransacao'] = '10:00:00';

 # Utilize a variável $_XML['hash_dados'] para concatenar os dados e calcular o HASH antes do terceiro bloco
$_XML['hash_dados'] = '';

#A variável $_XML['hash'] está nula pois deve ser calculada com os dados dos elementos(tags) do XML
$_XML['hash'] = 'calculo do HASH';

//$_XML[''] = ''; // para criar novas variáveis apenas siga o padrão

Após a declaração das variáveis, vamos iniciar a geração da estrutura no nosso arquivo.

 

#versao XML e codificação
$xml = new DOMDocument("1.0", "ISO-8859-1"); 
//também poderia ser UTF-8
 
#remove os espacos em branco
$xml->preserveWhiteSpace = false;

#Realizar a quebra dos blocos do XML por linha
$xml->formatOutput = true;

		//Criação dos elementos do Namespace ans:mensagemTISS
		$xml->createAttributeNS( 'http://www.w3.org/2000/09/xmldsig#', 'ds:attr' );
		$xml->createAttributeNS( 'http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance', 'xsi:attr' );
		$xml->createAttributeNS( 'http://www.ans.gov.br/padroes/tiss/schemas http://www.ans.gov.br/padroes/tiss/schemas/tissV3_03_01.xsd', 'schemaLocation:attr' );
		$xml->createAttributeNS( 'http://www.ans.gov.br/padroes/tiss/schemas', 'ans:attr' );
        
        
// Nó / Bloco Principal
// ans:mensagemTISS
$mensagemTISS = $xml->createElement("ans:mensagemTISS");
$xml->appendChild($mensagemTISS);

	/* primeiro bloco */
	// ans:mensagemTISS / ans:cabecalho
	$cabecalho = $xml->createElement("ans:cabecalho");
	$mensagemTISS->appendChild($cabecalho);
	
	
		// ans:mensagemTISS / ans:cabecalho / ans:identificacaoTransacao
		$identificacaoTransacao = $xml->createElement("ans:identificacaoTransacao");
		$cabecalho->appendChild($identificacaoTransacao);
		
				# ans:tipoTransacao
				$tipoTransacao = $xml->createElement("ans:tipoTransacao", $_XML['tipoTransacao']);
				$identificacaoTransacao->appendChild($tipoTransacao);
				
				#sequencialTransacao
				$sequencialTransacao = $xml->createElement("ans:sequencialTransacao", $_XML['sequencialTransacao']);
				$identificacaoTransacao->appendChild($sequencialTransacao);

				#dataRegistroTransacao
				$dataRegistroTransacao = $xml->createElement("ans:dataRegistroTransacao", $_XML['dataRegistroTransacao']);
				$identificacaoTransacao->appendChild($dataRegistroTransacao);

				#horaRegistroTransacao
				$horaRegistroTransacao = $xml->createElement("ans:horaRegistroTransacao", $_XML['horaRegistroTransacao']);
				$identificacaoTransacao->appendChild($horaRegistroTransacao);
			
		
		// ans:mensagemTISS / ans:cabecalho / ans:origem
		$origem = $xml->createElement("ans:origem");
		$cabecalho->appendChild($origem);
		
				// ans:mensagemTISS / ans:cabecalho / ans:origem / identificacaoPrestador
				$identificacaoPrestador = $xml->createElement("ans:identificacaoPrestador", $_XML['cnpj']);
				$origem->appendChild($identificacaoPrestador);
				
		
		// ans:mensagemTISS / ans:cabecalho / ans:destino
		$destino = $xml->createElement("ans:destino");
		$cabecalho->appendChild($destino);
		
				// ans:mensagemTISS / ans:cabecalho / ans:registroANS
				$registroANS = $xml->createElement("ans:registroANS", $_XML['registro_ans']);
				$destino->appendChild($registroANS);
		
		// ans:mensagemTISS / ans:cabecalho / ans:Padrao
		$Padrao = $xml->createElement("ans:Padrao", $_XML['padrao_tiss']);
		$cabecalho->appendChild($Padrao);
	
	
	/* segundo bloco */
	// ans:mensagemTISS / ans:prestadorParaOperadora
	$prestadorParaOperadora = $xml->createElement("ans:prestadorParaOperadora");
	$mensagemTISS->appendChild($prestadorParaOperadora);
	
		// ans:mensagemTISS / ans:prestadorParaOperadora / loteGuias
		$loteGuias = $xml->createElement("ans:loteGuias");
		$prestadorParaOperadora->appendChild($loteGuias);		

			// ans:mensagemTISS / ans:prestadorParaOperadora / loteGuias / numeroLote
			$numeroLote = $xml->createElement("ans:numeroLote", $_XML['lote_remessa']);
			$loteGuias->appendChild($numeroLote);	
 
 			// ans:mensagemTISS / ans:prestadorParaOperadora / loteGuias / guiasTISS
			$guiasTISS = $xml->createElement("ans:guiasTISS");
			$loteGuias->appendChild($guiasTISS);	

// Calculo o Hash - Você poderia gerar os dados, usar um (replace do PHP) para substituir as tags, e pegar apenas os dados
$_XML['hash_dados'] = '' 
$_XML['hash'] = md5($_XML['hash_dados']);	

	/* terceiro bloco */
	// ans:mensagemTISS / ans:epilogo
	$epilogo = $xml->createElement("ans:epilogo");
	$mensagemTISS->appendChild($epilogo);
	
		// ans:mensagemTISS / ans:epilogo / ans:hash
		$hash = $xml->createElement("ans:hash", $_XML['hash']);
		$epilogo->appendChild($hash);	

# Comando para salvar/gerar o arquivo XML TISS
# Geralmente o nome do arquivo é o HASH que foi calculado ou número do lote, pois são informações únicas.
# você pode usar as variáveis: $_XML['fatura_remessa'] . $_XML['hash']

$xml->save("xml_tiss.xml");


# Imprime / Gera o xml em tela
echo $xml->saveXML();
?>

Com o comando acima você terá o seguinte retorno: xml_tiss.xml

<?xml version="1.0" encoding="ISO-8859-1"?>
<ans:mensagemTISS xmlns:ds="http://www.w3.org/2000/09/xmldsig#" 
xmlns:xsi="http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance" 
xmlns:schemaLocation="http://www.ans.gov.br/padroes/tiss/schemas http://www.ans.gov.br/padroes/tiss/schemas/tissV3_03_01.xsd" 
xmlns:ans="http://www.ans.gov.br/padroes/tiss/schemas">
 <ans:cabecalho>
 <ans:identificacaoTransacao>
 <ans:tipoTransacao>ENVIO_LOTE_GUIAS</ans:tipoTransacao>
 <ans:sequencialTransacao>6658</ans:sequencialTransacao>
 <ans:dataRegistroTransacao>2018-01-18</ans:dataRegistroTransacao>
 <ans:horaRegistroTransacao>10:00:00</ans:horaRegistroTransacao>
 </ans:identificacaoTransacao>
 <ans:origem>
 <ans:identificacaoPrestador>0000000000000</ans:identificacaoPrestador>
 </ans:origem>
 <ans:destino>
 <ans:registroANS>111111</ans:registroANS>
 </ans:destino>
 <ans:Padrao>03.03.03</ans:Padrao>
 </ans:cabecalho>
 <ans:prestadorParaOperadora>
 <ans:loteGuias>
 <ans:numeroLote>123</ans:numeroLote>
 <ans:guiasTISS/>
 </ans:loteGuias>
 </ans:prestadorParaOperadora>
 <ans:epilogo>
 <ans:hash>calculo do HASH</ans:hash>
 </ans:epilogo>
</ans:mensagemTISS>

 

Download do Arquivo: gerador_xml_tiss

 

Ao usar o #CSSCAN foi retornado a critica “CSS-00107: Character set migration utility schema not installed”

select * from v$nls_parameters where parameter in (‘NLS_CHARACTERSET’,’NLS_LANGUAGE’);

— ALTER SESSION SET NLS_LANGUAGE = ‘AMERICAN’
— ALTER SESSION SET NLS_LANGUAGE = ‘BRAZILIAN PORTUGUESE’

–WE8ISO8859P1
–WE8MSWIN1252

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
[oracle@srvrussia ~]$ csscan
 
Character Set Scanner v2.2 : Release 11.2.0.1.0 - Production on Sat Nov 26 09:58       :21 2016
 
Copyright (c) 1982, 2009, Oracle and/or its affiliates.  All rights reserved.
 
Username: system
 
Password:
 
Connected to:
Oracle Database 11g Enterprise Edition Release 11.2.0.1.0 - 64bit Production
With the Partitioning, OLAP, Data Mining and Real Application Testing options
 
CSS-00107: Character set migration utility schema not installed
 
Scanner terminated unsuccessfully.

 

Para resolver é simples, basta conectar com usuário SYS, localizar o script (csminst.sql) conforme o diretório de instalação do Oracle e executar.

1
SQL> @/u01/app/oracle/product/11.2.0/db_1/rdbms/admin/csminst.sql

 

screenshot_1 Read More →

Oracle PL/SQL MAX Function

Exemplo prático;

Criando a tabela de funcionário.

<pre lang="sql" escaped="true">
create table FUNCIONARIO

(
NM_FUNCIONARIO VARCHAR2(150),
NR_CHAPA       NUMBER,
DT_CONTRATACAO DATE
)

</pre>

 

oracle_max_tb_funcionario

Exemplo de uso da função max para obter o maior número de chapa.

max

Tabela onde está os valores  salários e competências

<pre lang=’sql’ line=’1′>

create table BENTO.FUNC_SALARIO
(
DT_COMPETENCIA     DATE,
DT_INICIO_VIGENCIA DATE,
DT_FIM_VIGENCIA    DATE,
NR_CHAPA           NUMBER,
VL_SALARIO         NUMBER(15,2)
)

</pre>

 

max_salario

Imaginando uma situação onde é necessário demonstrar o salário em vigência atual.

<pre lang=’sql’ line=’1′>

select
a.NM_FUNCIONARIO
, a.nr_chapa
, b.VL_SALARIO
from
bento.funcionario a
, bento.func_salario b
where a.nr_chapa = b.NR_CHAPA
and b.dt_competencia = ( select max(c.DT_COMPETENCIA)
from bento.func_salario c
where c.NR_CHAPA  = b.nr_chapa
)

</pre>

 

max-maior-salario Situação onde é necessário demonstrar o valor de salário atual e o salário anterior.

valor-salario-anteior