PADRONIZAÇÃO

Posted by Bento | Posted in Artigos, Qualidade | Posted on 30-05-2013-05-2008

0

PADRONIZAÇÃO

A- Padrão
Modelo

B- Padronização
Estabelecer e utilizar os padrões

C- Finalidade / Para que serve a padronização
Garantir a qualidade, (Auditoria e Capacitação), eliminar falhas, desperdícios seja de tempo ou material

D- Benefícios (Empresa, Gerente, Executores, Fornecedores, Clientes)
-“Conceito, domínio tecnológico”, projeto de processos
-Garante delegação,
-facilidade, mais segurança para quem executa,
-receber produtos dentro dos padrões,
-satisfação, eficácia, qualidade,
(estrutura organizacional para os níveis gerenciais)

1º. – Mapear os principais processos de trabalho;
2º. – Formalizar em layout padronizado;
3º. – Analisar e ajustar quanto a potenciais melhorias.
4º. – Treinar os colaboradores envolvidos.

Ciclo PDCA

Posted by Bento | Posted in Qualidade | Posted on 30-05-2013-05-2008

0

Ciclo PDCA

Origem: Wikipédia

PDCA (Planejar-Executar-Verificar-Ajustar) é um método iterativo de gestão de quatro passos, utilizado para o controle e melhoria contínua de processos e produtos. É também conhecido como o círculo/ciclo/roda de Deming, ciclo de Shewhart, círculo/ciclo de controle, ou PDSA (plan-do-study-act). Outra versão do ciclo PDCA é o OPDCA, onde a letra agregada “O” significa observação ou como algumas versões dizem “Segure a condição atual”. A ênfase na observação e na condição atual tem correspondência com a filosofia de produção enxuta (Lean Manufacturing / Toyota Production System). [1]

As etapas sucessivas de cada ciclo PDCA são::[3][4]
Read the rest of this entry »

Mapeamento de Processo

Posted by Bento | Posted in Artigos, Qualidade | Posted on 30-05-2013-05-2008

0

Origem: http://www.rildosan.com/2011/06/o-que-e-mapeamento-de-processo.html

O que é Mapeamento de Processo ?

O Mapeamento de Processo é uma atividade do Ciclo de Gerenciamento do Processo de Negócio, que é composto por Mapeamento, Modelagem, Análise, Melhoria e Monitoramento de Processos.

Ciclo BPM

Ciclo BPM

O que é Mapeamento de Processos ?
O Mapeamento de Processo é uma ferramenta gerencial e de comunicação que tem a finalidade de fazer a descoberta das informações, partes interessadas, capacidades, recursos que são necessários para entender os processos de negócio.
Esse entendimento imprescindível para promoção de melhorias dos processos existentes ou para implantar uma nova estrutura voltada à processos.

Objetivo do Mapeamento de Processos:
Identificar, entender e conhecer os processos de negócios existentes (AS-IS) e dos futuros (TO-BE) para melhorar o nível de satisfação do cliente, e melhorar a qualidade dos produtos ou serviços, reduzir custos e aumentar desempenho do negócio.

Benefícios do Mapeamento:
O mapeamento também ajuda a empresa enxergar claramente os pontos fortes, pontos fracos (pontos que precisam ser melhorados tais como: complexidade na operação, custos altos, gargalos, falhas de integração, atividades redundantes, tarefas de baixo valor agregado, retrabalhos, excesso de documentação, aprovações e etc), além de ser uma excelente forma de aprimorar o entendimento sobre os processos e aumentar a performance do negócio.

Técnicas comuns que são utilizadas no Mapeamento de Processos:
– Entrevistas
– Reuniões
– Workshop Colaborativo
– Questionários
– Observação de Campo
– Coleto de Documentos
– Brainstorming

Experiência e Conhecimento:
O Mapeamento é uma atividade empírica, ou seja, baseada no conhecimento do analista por isso a ter experiência e conhecimento do negócio é fundamental para um bom mapeamento de processos.

Resultados esperados da atividade de Mapeamento de Processo:
– Conhecimento do processos
– Documentação do Processo

5S

Posted by Bento | Posted in Qualidade | Posted on 23-04-2013-05-2008

0

Origem: Wikipédia

Etapa inicial e base para implantação da Qualidade Total, o Programa 5S é assim chamado devido a primeira letra de 5 palavras japonesas: Seiri (utilização), Seiton (ordenação), Seiso (limpeza), Seiketsu (higiene) e Shitsuke (autodisciplina). O programa tem como objetivo mobilizar, motivar e conscientizar toda a empresa para a Qualidade Total, através da organização e da disciplina no local de trabalho.

Denominação Conceito Objetivo particular
Português Japonês

Utilização , Seiri Separar o necessário do desnecessário Eliminar do espaço de trabalho o que seja inútil

Ordenação , Seiton Colocar cada coisa em seu devido lugar Organizar o espaço de trabalho de forma eficaz

Limpeza , Seis? Limpar e cuidar do ambiente de trabalho Melhorar o nível de limpeza

Saúde , Seiketsu Tornar saudável o ambiente de trabalho Prevenir o aparecimento de supérfluos e a desordem

Autodisciplina , Shitsuke Rotinizar e padronizar a aplicação dos S anteriores Incentivar esforços de aprimoramento

A metodologia possibilita desenvolver um planejamento sistemático, permitindo de imediato maior produtividade, segurança, clima organizacional e motivação dos funcionários, com consequente melhoria da competitividade organizacional.
Os propósitos da metodologia 5S são de melhorar a eficiência através da destinação adequada de materiais (separar o que é necessário do desnecessário), organização, limpeza e identificação de materiais e espaços e a manutenção e melhoria do próprio 5S.

Os principais benefícios da metodologia 5S são:

-Maior produtividade pela redução da perda de tempo procurando por objetos. Só ficam no ambiente os objetos necessários e ao alcance da mão
-Redução de despesas e melhor aproveitamento de materiais. A acumulação excessiva de materiais tende à degeneração
-Melhoria da qualidade de produtos e serviços
-Menos acidentes do trabalho
-Maior satisfação das pessoas com o trabalho

5s Kaoru Ishikawa

Gerenciamento de TI – Organização do Ambiente de Trabalho

Posted by Bento | Posted in Artigos, Qualidade | Posted on 23-01-2013-05-2008

0

Olá, pessoal hoje vou falar um pouco sobre a organização do local de trabalho.
Muitos profissionais deixam a desejar na organização de um modo geral, e isso pode impactar da produtividade e qualidade do trabalho. A organização começa na sala de trabalho, a visibilidade do ambiente demonstra se o profissional é de fato organizado ou desorganizado. Por mais simples que seja a arrumação, já irá oferecer um conceito melhor do ambiente de trabalho.

São pequenas ações que ajudam na organização e alguns itens podem adquiridos para auxiliar para auxiliar na organização, abaixo enumero algumas dicas;

1) Quadro branco com as metas e indicadores do setor, missão visão e valores da empresa.

2) Armário para chave, item que acho muito importante no meio de tantas chaves que ainda existe(bora lá implementar controle de acesso por biometria para as portas hehe). (Na Kalunga e Gimba tem para comprar custa cerca de R$ 139,00, preço pesquisado em janeiro/2013), útil para guardar as chaves de equipamentos como Racks, relógios de ponto, servidores e salas de estocagem.

http://www.kalunga.com.br/prod/armario-organizador-de-chaves-para-47-chaveiros-1620-acrimet/447530
http://www.gimba.com.br/Produto/Arm%C3%A1rio+Organizador+de+Chaves+para+47+Chaveiros+162++Acrimet?PID=2572

3) Esqueça papeis de rascunhos, utilize um caderno para anotações, tanto no dia a dia como em reuniões.

4) Usar etiquetas (P-touch), ou adesivos de vinil, pois são a prova de água e não danificam facilmente com produtos de limpeza.

5) Armário para material de expediente e limpeza.

6) Digitalização de documentos físicos (GED).

 

Veja como a implantação do ciclo 5S pode ajudar a melhorar sua empresa.

Qualidade 5S

Seiri –  senso de utilização

Seiton – senso de ordenação

Seisõ – senso de limpeza

Seiketsu – senso de saúde

Shitsuke – senso de autodisciplina

http://blog.fabianobento.com.br/2013/04/5s/

 

 

 

Gerenciamento de TI – Help Desk / Suporte

Posted by Bento | Posted in Artigos, Qualidade | Posted on 23-01-2013-05-2008

0

Gerenciamento de TI – Help Desk

Hoje vou falar um pouco sobre o gerenciamento de suporte de TI, já tive experiências em empresas de 5 a 600 funcionários, onde existe vários sistemas, aplicações, serviços e plataformas em execução. Primeiramente é importante lembrar que todo tipo de problema ou situação requer uma analise para a tomada de decisão, e que todos querem tudo para o momento (pra ontem), desde o estagiário ao diretor, e cabe ao coordenador de suporte lidar com essas situações, definindo prioridades de atendimento, sendo por severidade, risco e grau de importância. Um servidor de banco de dados por exemplo é classificado em nível de emergência, já que impacta em todo o negócio. Já uma impressora/computador dentro de um consultório médico quando se é informatizado e não se tem um plano de contingência(em papel), este pode ser classificado como prioridade alta. É claro que tudo depende de alguns fatores, como tipo de negócio, prioridades, forma de trabalho e muitas outras, abaixo listo alguns tipos de classificação que trabalhei.

Emergência: Equipamentos de missão critica (Servidores de aplicação, banco de dados, PABX(empresa telemarketing)), classificados para solução em 2 horas.

Urgência: Algum problema que afeta diretamente os clientes que estão na empresa, solução em 6 horas.

Alta: Problemas que irão afetar clientes da empresa  – solução em até 24 horas

Média: Atendimento a dúvidas, instalação de aplicativos – Atendimento inicial  em 48 horas

Baixa: Criação de relatórios, levantamentos   – Atendimento inicial em 2 semanas

Sem prioridade:  Melhorias em relatórios, Implantação de módulos e sistemas adicionais. – Atendimento

 

Hierarquia de Suporte

Nível 1 – Atendimento via chamados, ou telefone com o intuito de solucionar o caso de imediato com a aplicação de conhecimentos prévios. Neste nível identifica a criticidade do chamado, sem prioridade(até 20 dias), médio (até 10 dias), urgente(até 48 horas) ou emergencial(até 8 horas).
Nível 2 – Visa solucionar casos que o nível 1 não sabe resolver, como elaboração de levantamentos e relatórios em geral.
Nível 3 – Visa realizar o atendimento de ponta

 

Controle dos chamados

Ter uma ferramenta para controlar os chamados é primordial, pois ajuda a gerar estatísticas de equipamentos que apresentam defeitos regularmente ou usuários com muitas dificuldades e precisam de uma reciclagem ou treinamento, auxiliando na mensuração dos dados.

Alguns aplicativos gratuitos para o registro e gerenciamento;

Ocomon
Live Zila

Quem está solicitando?
è um equipamento? software ou um Serviço?
Dano
Prioridade: Emergência, Alta, Média, Baixa, Sem prioridade
O equipamento está parado? Sim/Não/Parcialmente
Classificação do chamado: Defeito, Dúvida, Solicitação, Sugestão

Data previstas para execução:

Satisfação do atendimento: ótimo, Bom , Ruim ou Não se aplica